Mudanças na Farmácia Básica exigirão interrupção de sistema nesta sexta-feira

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Adaptações são necessárias para que Centro de Atenção Farmacêutica inicie atividades no próximo dia 7

Nesta sexta-feira (28), o sistema informatizado da Farmácia Básica de Rio do Sul estará indisponível. Portanto, a distribuição de medicamentos gratuitos será suspensa, mas exceções serão abertas em casos de urgência. O serviço deve se normalizar na segunda-feira (31). A interrupção do software se faz necessária para que o Centro de Atenção Farmacêutica (CAF) possa iniciar as atividades.

A secretária de Saúde (SMS) de Rio do Sul, Sueli de Oliveira, explica que o CAF irá funcionar no espaço da atual Farmácia Popular, que encerra os atendimentos também nesta sexta. “Quando o Governo Federal anunciou que não iria mais bancar as Farmácias Populares, nós já tínhamos a intenção de manter a estrutura. Depois de estudos de viabilidade, vimos que essa ideia era possível e agora estamos realizando as adaptações necessárias para abrir o CAF”, detalha.

A expectativa é que o Centro de Atenção Farmacêutica comece a funcionar no dia 7 de agosto, o horário de atendimento será das 7h30 às 11h30 e das 13h às 18h. Os medicamentos a serem distribuídos gratuitamente no local – próximo ao Terminal Rodoviário – são itens já disponíveis na Farmácia Básica do município. Além disso, o estoque será mantido com remédios disponibilizados por fornecedores, laboratórios e consultórios.

Sueli destaca que o prédio da atual Farmácia Popular é do município, desta forma viu-se no local a oportunidade de facilitar ainda mais o acesso da população aos medicamentos. “A Policlínica hoje está com falta de vagas de estacionamento e pessoas idosas tem dificuldade para subir o morro da rua Tuiuti, problemas que não acontecerão no espaço do CAF”, conclui.

Comentários