Representantes de Petrolândia participaram de conferência

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Foram debatidas diretrizes para formulação de política nacional e o fortalecimento de programas da vigilância em saúde

No Alto Vale do Itajaí, a etapa macrorregional da Conferência de Vigilância em Saúde ocorreu em Rio do Sul, nos dias 27 e 28, e contou com a participação de quatro delegados de Petrolândia. Além de apontar diretrizes para a formulação da Política Nacional de Vigilância em Saúde, o encontro abre espaço para discussões sobre o fortalecimento de programas para o setor.

De acordo com a secretária de Saúde, Mariza dos Santos, que está entre os representantes escolhidos em Petrolândia, também tiveram destaque, durante a conferência, temas como a prevenção e o trabalho multidisciplinar. “Chegamos à conclusão de que é preciso, cada vez mais, trabalhar a prevenção”, relata ela. “Alcançar todos os públicos pode ser mais fácil se outros setores atuarem junto à saúde, como a agricultura, educação e assistência social, em um trabalho multidisciplinar”.

Também representam o município a enfermeira Ana Paula Vanderlini, e os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) Pedro Delagiustina e Laureni da Cunha.

As propostas debatidas durante a fase realizada em Rio do Sul serão encaminhadas à primeira edição da conferência estadual. Nesse caso, o tema central será Vigilância em saúde: direito, conquistas e defesa de um SUS público de qualidade. Além do tema, já foram definidos eixos prioritários, que envolvem, entre outros assuntos, responsabilidades dos governos, práticas, processos de trabalho, saúde participativa e tecnologias voltadas à vigilância em saúde.

Comentários