Obras na ponte da Barragem estão atrasadas

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

As obras de revitalização da ponte de ferro da Barragem Oeste em Taió, devem ser finalizadas em abril, a previsão inicial era para janeiro de 2018. Construída de ferro e madeira em 1965, a ponte está interditada desde foi interditada há cinco meses por não possuir estrutura adequada para atender a demanda crescente no fluxo de veículos.

O termo de convênio para revitalização da Ponte da Barragem Oeste, via governo do Estado, por meio da Defesa Civil Estadual está orçado em R$ 252,7 mil e a prefeitura dará contrapartida de R$ 20 mil. O atraso na execução, segundo uma fonte é a falta de profissionais e empresas que trabalham com revitalização.

Uma empresa sublocada pela Rivone Construtora, que venceu a licitação, finaliza os trabalhos de limpeza das ferragens e a pintura da parte de ferro deverá ser finalizada, antes do natal.  A próxima etapa será a colocação do piso, onde a madeira será substituída pelo aço.

A estrutura tem 51,80 metros de comprimento por 5,20 metros de largura e vai receber serviços de lavação, limpeza e instalação de estrutura metálica, que vai substituir o tabuleiro de madeira. Após a conclusão das melhorias, também será realizada pintura em toda sua estrutura.

A reforma não vai interferir nas características principal da ponte, que é considerada um símbolo histórico do município e usada para observação da Barragem Oeste e trajeto de rotas de ciclo turistas.

Comentários