Faccionistas de Ituporanga serão isentos de imposto municipal

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Faccionistas de Ituporanga serão isentos de imposto municipal quando o produto se destinar a outra empresa

 O prefeito de Ituporanga, Osni Francisco de Fragas, o Lorinho, sancionou nesta semana o Projeto de Lei que altera a redação da Lei Complementar que dispõe sobre carga tributária, isentando os faccionistas do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN).

O Projeto de Lei foi elaborado pelo Executivo e aprovado na Câmara de Vereadores, e veio ao encontro de uma manifestação feita pelos faccionistas através da Associação Empresarial de Ituporanga (ACEI), que elaboraram um abaixo assinado solicitando a revisão da redação da Lei.

A proposta visa solucionar conflitos tributários entre o ISSQN de competência municipal, e as operações de prestação de serviço denominadas como faccionistas, quando a mercadoria retorna a empresa que encomendou para fins comerciais, serão tratadas como operações de extensão de fábrica tendo como base de cálculo o ICMS que já é tributado.

“Os empresários serão isentos de pagar este imposto quando o produto se destina a empresa contratante, ou seja, nossas facções que produzem para outras empresas ou marcas que realizam o comércio, não pagarão este imposto”, comentou o prefeito.

TEXTO: Julieti P. Largura

Comentários