Governo vai gastar R$ 10 milhões em pesquisa com LGBTI

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

O governo federal seguirá fazendo estudos segmentados sobre a juventude brasileira. Em fevereiro, começarão pesquisas nacionais com jovens LGBTI (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Intersexuais) e adolescentes de áreas rurais. Somados, os 2 levantamentos custarão cerca de R$ 10 milhões.

“A juventude LGBTI sofre cada vez mais preconceito e violência“, diz documento da SNJ (Secretaria Nacional da Juventude) enviado nesta 5ª feira (18.jan.2018). O texto foi enviado aos ministérios e apresenta as duas pesquisas. O objetivo é identificar riscos a esses adolescentes, diz a secretaria.

O estudo da juventude rural foi orçado em aproximadamente R$ 6 milhões. O dos jovens LGBT, por volta de R$ 4 milhões. Eles serão conduzidos pela Fundação Universitária José Bonifácio, ligada à UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro).

Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) citados pelo documento, entre 21,2% e 28% da população dos Estados são jovens. 16,1% a 26,9% dos jovens brasileiros moram no campo.

Ato contra a LGBTfobia e pela criminalização da homofobia, na praia de Copacabana zona sul da cidade, reúne dezenas de pessoas (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Comentários