Colombo faz via-sacra para garantir Fundam 2

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Estado busca acordo entre BNDES e Caixa para liberação de R$ 634 milhões para Fundam 2, o objetivo é assegurar recursos até julho, antes do prazo da lei eleitoral que proíbe liberação de verbas.

Entre as últimas ações de seu Governo, o governador Raimundo Colombo (PSD) esteve em reunião com o presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi (PP), acompanhado do chefe da Casa Civil, Nelson Serpa (PSD).

Um acordo de cooperação entre o BNDES e a Caixa pode ajudar na liberação dos R$ 634 milhões para o Fundam 2.

O governador comunicou oficialmente, em reunião com os deputados do PSD,  que o empréstimo do Fundam-2 foi aprovado e que pretende assinar o contrato ainda durante sua gestão, portanto, até a renúncia em abril. O financiamento será feito no Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal e não mais no BNDES, onde estava sendo negociado há vários meses.

O dinheiro só sairá graças à intervenção pessoal do presidente Michel Temer, que ligou para os presidentes dos três bancos quando estes estavam reunidos com Raimundo Colombo e técnicos do governo.

Na reunião com os deputados estaduais do PSD, o governador anunciou os critérios que serão adotados para distribuição dos 634 milhões de reais aos municípios catarinenses.

Comentários