Batalhão do Exército ampliará rede da Ferrovia das Bromélias

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Reunião definiu os próximos passos para instalação da linha férrea turística, que receberá a Tremtur. A obra que já tem recursos assegurados, deve iniciar após apresentação de alguns dados, exigidos pela Secretaria de Patrimônio da União – SPU. O serviço será executado pelo Batalhão Ferroviário do Exército.

Para dar continuidade no processo e que seja realizada a obra em todo o percurso, a União precisa transferir a posse das áreas a serem desapropriadas. No entanto, os técnicos já conseguem viabilizar o início dos trabalhos, por trechos. Após decisão, ficou acordado que documento serão levantados para apresentar as propriedades que estarão confrontadas com a que receberá os trilhos e uma nova rodada de reunião já está prevista para os próximos dias.

A obra estimada em R$ 11, 7 milhões será ampliada para 16 quilômetros. Atualmente, já existem dois quilômetros, que estão instalados, em Apiúna. Denominada Ferrovia das Bromélias, a estrada de ferro totalmente voltada para o turismo, vai beneficiar o Projeto Tremtur. Os recursos são provenientes do Governo de Santa Catarina. O Governador, Raimundo Colombo firmou o Convênio, em novembro do ano passado.

Milton Hobus esteve reunido com lideranças do Alto Vale do Itajaí, como o prefeito de Lontras, Marcionei Hillesheim, o vice-prefeito de Apiúna, Marcelo Doutel, empresários de Rio do Sul, lideranças de Ibirama, técnicos da Amavi e da Secretaria de Patrimônio da União – SP

U.

Comentários