Gastos com assistência médica de senadores crescem 40%

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Dados do repórter Pablo Fernandez, da BandNews, mostram que enquanto 70% dos brasileiros dependem do SUS, o Senado elevou em mais de 40% as despesas com assistência à saúde de parlamentares da ativa e aposentados, além de familiares. Em 2017, foram gastos R$ 10,3 milhões com serviços hospitalares, odontológicos e laboratoriais, sem contar o reembolso de consultas.  Um dos preferidos dos senadores, o Hospital Sírio Libanês recebeu R$ 3,1 milhões.

 

Comentários