Cravil apresenta resultados de 2017

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Assembleia Geral Ordinária será realizada nesta sexta-feira, dia 23, ás 14h, na Sede da Cooperativa

O ano de 2017 foi de altas produtividades no campo, bom desempenho na maioria das lavouras e também na produção de leite. Contudo, o preço em queda, principalmente, do arroz e do leite, comprometeu o resultado final. Mesmo diante do cenário desafiador, o faturamento geral da Cooperativa em 2017, unindo produção e consumo (lojas agrícolas e supermercados) alcançou os R$ 527 milhões, com um resultado de pouco mais de R$ 14 milhões. Números que representam, para o associado algo em torno de 37% sobre o capital, se somados o reajuste de produção, os juros sobre o capital e as sobras de balanço.

O reajuste de produção, por saco entregue na cooperativa, caiu em relação a 2016, rendeu ao associado uma média de R$ 0,87. O reajuste é disponibilizado ao associado já descontado o Funrural.

Os juros sobre o capital, pago independente de movimentação ao longo do ano na Cooperativa, fechou em 6,9%, já a soma colocada à disposição da Assembleia Geral, que ocorre no dia 23 de março, é de pouco mais de R$ 5 milhões. Se aprovado a destinação das sobras, o total de rendimento do associado será de R$ 2,97 por saca de produção.

Embora o resultado de 2017 não tenha alcançado a meta proposta, o presidente da Cooperativa, Harry Dorow, ressalta que foram números positivos. “Diante dos problemas enfrentados tanto na economia, como na política, que levaram à queda dos preços agrícolas, conseguimos apresentar um resultado positivo”.

Pré-assembleias

A Cravil realizou, durante os meses de fevereiro e março, 30 reuniões em diferentes comunidades onde a Cooperativa está presente. Na pauta, a discussão de assuntos locais, a prestação de contas e as estratégias de investimentos e metas de faturamento para 2018.  “Os associados têm se mostrados satisfeitos sabendo que a cooperativa consegue produzir algum resultado que vem ao encontro da expectativa mesmo em um ano difícil”, concluiu o presidente, Harry Dorow.

Durante as pré-assembleias ocorreram ainda a Eleição dos Comitês Educativos de cada filial e homenagem aos associados que completaram 65 anos de idade no ano de 2017.

A Assembleia Geral Ordinária está marcada para esta sexta-feira, dia 23 de março, ás 14h, na Sede da Cooperativa, em Rio do Sul. Na agenda está previsto a discussão e aprovação da prestação de contas do exercício de 2017, a destinação das sobras, eleição do Conselho Fiscal e outras assuntos de interesse da Cooperativa.

Comentários