Polícia Ambiental intercepta caçadores e armas de fogo em Taió

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

A guarnição da Polícia Militar Ambiental de Rio do Sul recebeu, por volta das 21h desta quinta-feira (22), uma denúncia de crime contra a fauna tipificado por caça. Onde vários masculinos estariam na Localidade de Laranjeiras município de Taió, reunidos a fim de praticar caça; a guarnição contando com o apoio da PM dos municípios de Taió e de Trombudo Central deslocaram até o endereço.

No local dentro de uma espécie de rancho haviam sete masculinos, com os mesmos foram encontrados vários petrechos usados na caça de animais como redes de caça, jequis, alçapão dentre outros, além de duas espingardas (uma calibre 12 e outra calibre 32) e 26 munições não deflagradas (10 cartuchos calibre 12, 12 cartuchos calibre 32, 04 cartuchos calibre 28), no local ainda foi encontrado uma espécie de pernil de animal aparentemente nativo da fauna brasileira, o qual passará por analise para identificação.

Diante dos fatos a guarnição deu voz de prisão a dois masculinos proprietários das armas de fogo, sendo posteriormente conduzidos a delegacia de comarca de Rio do Sul para os procedimentos cabíveis.

Informações: Polícia Ambiental de Rio do Sul

Comentários