Agrolândia, Laurentino e Lontras recebem “mais médicos”

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Dez municípios de Santa Catarina receberam novos profissionais dentro do Programa Mais Médicos, três desses cidades ficam na região do Alto Vale do Itajaí.   Os médicos intercambistas (brasileiros formados no exterior) foram recepcionados nesta quinta-feira, 26, pela Comissão Estadual do Programa Mais Médicos de Santa Catarina, durante evento realizado pela Secretaria de Estado da Saúde. Eles já começaram a trabalhar na  quarta-feira, 2 de maio.

Agrolândia, Balneário Arroio do Silva, Balneário Camboriú, Gaspar, Laurentino, Joinville, Lontras, Modelo, Painel e Princesa foram os municípios contemplados. Essa medida tem o objetivo de reposição, já que o período máximo de permanência dos médicos do programa é de três anos.

O coordenador da comissão do Programa Mais Médicos de SC, Paulo Orsini, explicou que os dez médicos já passaram por um período de treinamento de 30 dias em Brasília e que a recepção realizada em Florianópolis serve para traçar um panorama da saúde no Estado. “Para se ter uma ideia da dimensão e importância do programa para Santa Catarina, cerca de 1/3 dos 1,8 mil profissionais que atuam em Saúde da Família são do Mais Médicos”, destacou. “Nosso Estado tem a maior cobertura em atenção básica entre todos os estados brasileiros”.

No total, 539 profissionais médicos do programa atuam em 209 municípios catarinenses: 156 brasileiros graduados no país, 137 brasileiros graduados no exterior e 246 médicos cubanos cooperados.

“Essa posição de Santa Catarina em relação à atenção básica é que nos deixa motivados para iniciar o trabalho”, afirma o médico Ivo Santin, formado no Paraguai e que irá assumir uma vaga na cidade de Modelo, localizada na região Oeste do Estado. “Prestei o Revalida e já passei. Agora meu objetivo é aproveitar ao máximo essa oportunidade”.

Comentários