Mutirão de castração esteriliza mais de 130 animais domésticos

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Foi realizado no fim de semana, dias 5 e 6 de maio, mais um mutirão de castração de cães e gatos em Ibirama. Ao todo, 132 procedimentos de esterilização foram realizados. O evento, que ofereceu o serviço com valor mais acessível à comunidade, contou com apoio da Prefeitura e promoção do grupo de voluntários locais e dos membros do Projeto Quem Ama Castra.
O serviço foi ofertado a todo público, mas priorizou famílias com renda de até três salários mínimos. O valor social foi cobrado para suprir os custos básicos da cirurgia. Os procedimentos foram realizados por médicos veterinários parceiros, seguindo todas as orientações do Conselho Regional de Medicina Veterinária de Santa Catarina.
De acordo com o membro do grupo Quem Ama Castra, Marcos Miranda, os atendimentos ocorreram dentro da normalidade. “Conseguimos cumprir os horários e atender da melhor forma possível, com muito amor e carinho, todos os animais e também os seus tutores”, comemorou.
As ibiramenses Naldy Kruger Rudolf e Franciele Rudolf, que moram no bairro Nova Stettin, souberam do mutirão de castração por meio das redes sociais e não perderam a oportunidade de levar o cão Nininho, de cinco meses, para ser castrado. “Não teríamos condições de fazer a castração particular, então aproveitamos a chance. Ainda tentamos vaga para a mãe do Nininho, mas como não conseguimos, vamos esperar outro mutirão”, afirmou Naldy.
O tutor do cão Lupi, Jean Carlos Silveira, do bairro São Miguel, e a tutora de Ted, Joice Meneghelli, do bairro Ponto Chic, também cadastraram seus animais de estimação no mutirão. “Soubemos pelas redes sociais, fizemos o cadastro e hoje estamos aqui. É importante que este serviço seja oferecido com valor mais acessível para quem não tem condições”, contou Joice.
O próximo mutirão no município já está agendado para os dias 30 de junho e 1º de julho, também durante o fim de semana. Os procedimentos para cadastramento dos animais ainda serão informados. Miranda reforça a importância da participação de voluntários na atividade. “Quem for sensível à causa e gosta de animais, convidamos para participar dos mutirões. Sempre precisamos pessoas voluntárias para auxiliar, além disso, o resultado é gratificante”, frisou.
Comentários