SC corta R$ 270 milhões da Educação para pagar dívida

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Durante audiência pública que debateu cortes orçamentários na área de ciência, tecnologia e inovação no Brasil e em Santa Catarina, o deputado Dirceu Dresch (PT), propositor do evento realizado esta semana, afirmou que é obrigação do Parlamento exigir a aplicação dos 2% constitucionais em ciência e tecnologia.

No ano passado foi efetivamente investido na área apenas 0,16% da arrecadação. Ele também criticou o decreto 1.608, de 11 de maio deste ano, assinado pelo  governador Pinho Moreira, que anula R$ 271,2 milhões do orçamento da Educação, sendo R$ 113 milhões referentes a bolsas do artigo 170, para o pagamento de dívidas do Estado.

“Governo está  contramão, cortando o orçamento que garante o futuro, que está na pesquisa e na educação. É uma medida inconstitucional que vamos questionar. É o retrato do desgoverno e da falta de gestão”, lamentou.

Comentários