Peninha é indicado ao Prêmio Congresso em Foco

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Fazem parte da lista, apenas os parlamentares que não respondem a processos judiciais

O deputado Rogério Peninha Mendonça (MDB/SC) foi indicado para o Prêmio Congresso em Foco 2018, conhecido como o “Oscar da Política Brasileira”. No ano passado, Peninha foi agraciado em duas categorias: “Melhores Deputados” e “Defesa da Agropecuária”. Ele é o único catarinense a receber o prêmio, desde que foi lançado há 14 anos.

O Prêmio Congresso em Foco tem o objetivo de destacar os melhores e mais dedicados parlamentares do Congresso Nacional, além de estimular o interesse da comunidade pelos assuntos discutidos por seus representantes. Para isso, apenas os parlamentares ficha limpa, ou seja, os que não respondem a nenhum tipo de processo judicial podem participar da votação.

A escolha é feita pela internet, até o próximo dia 31, por meio do site Congresso em Foco. Para votar em Rogério Peninha Mendonça, você deve escolher a opção “Melhor Deputado” e também uma das quatro categorias, como por exemplo a “Defesa da Agropecuária”.

“Eu fico muito satisfeito em representar Santa Catarina e poder concorrer a este prêmio. Tenho muito orgulho do meu trabalho aqui no Congresso Nacional, pelas bandeiras que defendo e também pelos recursos que pleiteei para o meu estado. Ser ficha limpa não é uma virtude, é obrigação, e eu tenho cumprido com este propósito”, orgulha-se Peninha.

Conheça mais sobre a atuação do Deputado Peninha

Em Brasília, o deputado Peninha cumpre o segundo mandato de deputado federal. É autor de 75 projetos e já relatou outras 54 propostas. Veja algumas:

PEC 413 – Institui Concurso Público para a escolha dos Ministros do Supremo Tribunal Federal, além de mandato 10 anos. Hoje os cargos são vitalícios, ocupados por meio de indicações políticas.

PEC 428 – Implanta no Brasil o sistema Unicameral, extinguindo uma das casas legislativas em Brasília. Além de assegurar mais agilidade na tramitação de projetos, a medida representará economia significativa aos cofres públicos brasileiros.

PL 3722 – Revoga o Estatuto do Desarmamento e estipula critérios mais razoáveis para a compra, posse e porte de armas no Brasil. Projeto já tramitou em todas as comissões da Câmara, e está pronto para ser votado em plenário.

PL 870 – Acabou com o Imposto Sindical, que vigorava há mais de 70 anos. A partir de agora, sindicatos passam a sobreviver com a contribuição voluntária de seus sócios.

PL 9009 – Põe fim às saídas temporárias de detentos em datas comemorativas. Presos têm que cumprir suas penas dentro da cadeia, sem progressão de regime nem privilégios.

PL 7748 – Obriga o governo a divulgar o valor arrecadado em infrações de trânsito e onde está sendo investido esse dinheiro. Enfrentamento à chamada “indústria das multas”.

Comentários