Senador Esperidião Amin é cotado para ser o ministro da Educação

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

O Senador Esperidião Amin, do Progressista de Santa Catarina poderá assumir o Ministério da Educação no lugar de Ricardo Vélez Rodrigues. Na sexta-feira, em entrevista para jornalistas, o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), falou da insatisfação com a pasta e a exoneração pode ser anunciada hoje.

No domingo, Bolsonaro (PSL), ligou para o senador Esperidião Amin o convidando para uma conversa nesta segunda-feira (08). Segundo informações do Portal SC em Pauta, Amin é cotado para assumir o Ministério e o nome preferido de Bolsonaro.

Um forte indicativo da queda de Rodriguez, é que o governo já está sondando alguns nomes, entre os quais, o do senador catarinense. Um assessor de Amin, se limitou a dizer que está preocupado com as pautas do Senado e que nada tem a falar sobre o assunto.

A sondagem a Amin para o Ministério confirma a tendência do presidente em criar uma articulação mais afinada com os partidos DEM, MDB, PP, PRB, PSD e PSDB.

Bolsonaro disse que vai decidir o destino do ministro da Educação, e que cada um dos seus ministros vai fazer um balanço da sua área nesta semana para comemorar os 100 dias do seu governo.

Comentários