Anuncie aqui!
Publicado há 15:07 | Atualizado em 14/04/19 às 04:04

Apenas 29 dos 66 deputados declaram em público a favor da Previdência

Apenas 29 deputados entre os 66 integrantes titulares da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara declaram apoio aberto à reforma da Previdência no colegiado. A proposta está pronta para ser votada no colegiado. Outros 18 se dizem abertamente contrários ao texto, segundo enquete realizada pelo site Poder360.

Há também 13 que preferem não declarar seu voto. A maior parte desse grupo é composta por integrantes do Centrão: DEM (2), PP (2), PSD (1), PRB (1), MDB (1) e PSDB (1). Além deles, há deputados “indecisos” do PDT (1), Podemos (2), Pros (1) e PSL (1).

Foram entrevistados nesta semana 60 dos 66 deputados titulares da CCJ. As entrevistas foram realizadas de 8 (2ª feira) a 12 (6ª feira) de abril de 2019.

Para aprovar a admissibilidade da reforma da Previdência na CCJ é necessário que, pelo menos, 50% mais 1 dos 66 integrantes titulares do colegiado estejam presentes à sessão –ou seja, 34. Com esse quorum mínimo atingido, basta ao governo maioria simples para vencer e aprovar o projeto.

Em teoria, portanto, está fácil para o Palácio do Planalto ganhar.

Chama a atenção, entretanto, que os partidos em teoria simpáticos ao governo e à reforma da Previdência tenham só 29 votos declarados publicamente a favor do projeto.

A esta altura, seria natural que 35 ou mais governistas da CCJ já falassem em público defendendo a admissibilidade do projeto. Mas não é o que se passa, como revela a enquete que acaba de ser realizada pelo Poder360. A seguir, 1 resumo dos dados obtidos: