Anuncie aqui!
Publicado há 08:07 | Atualizado em 18/04/19 às 08:04

PSL x MDB: Gerente de educação é exonerada em Rio do Sul

Após intrigas e vazamentos de áudios expondo perseguição em Taió, gerente de educação da ADR é exonerada em Rio do Sul

Noeli Salete Sorgatto, não é mais Gerente Regional de Educação da Regional de Rio do Sul. O ofício de exoneração foi enviado pelo próprio Secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni ao Secretário de Estado da Casa Civil, Douglas Borba.

A exoneração de Noeli ocorreu depois da divulgação, por meio de Whatsapp, de conversas entre a Gerente, servidores e professores da pasta. Nos áudios, servidores relatam situação de assédio moral, intransigência e perseguição. O fato é que a situação desvendou uma nitida disputa política por cargos entre PSL e MDB. Sem muitos filiados, o partido do Governador não teria em seus quadros, “pessoal qualificado” para exercer funções de competência técnica. Já os emedebistas, adquiriram experiência nos últimos 16 anos de Governo.

A substituição era prevista e esperada pelos servidores em cargos de comissão, mas o que os antigos reclamam foi da forma, onde servidores subordinados estariam sofrendo assédio moral e perseguição na regional de Taió. A ordem do PSL é: demitir os filiados do MDB. Segundo o relato de servidores a ordem partiu do presidente do PSL de Taió, que mora em Brasília e do assessor do deputado Ricardo Alba (PSL).