Desvendado crime bárbaro em Taió

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Investigação conduzida pela Delegacia de Polícia Civil de Taió resultou, na manhã de hoje, na prisão de 6 pessoas, 1 delas em Lebon Regis.

O jovem estava desaparecido desde o mês de março de 2017. Em princípio não havia indícios de que o desparecimento tivesse relação com a prática de crime.

Nos últimos dois meses, contudo, surgiram novos elementos e a investigação foi retomada e revelou a prática de um crime bárbaro.

De acordo com um dos suspeitos preso na data de hoje, que disse ter cometido o crime sem ajuda de outras pessoas, no final do mês de março de 2017, após a prática de roubos em Taió e uso conjunto de certa quantidade de cocaína, ambos teriam se desentendido e em razão disso o suspeito teria desferido 2 (dois) disparos com um revólver calibre .38, um deles atingindo a cabeça da vítima.

Posteriormente, com a finalidade de ocultar o corpo, fazendo uso de um machado e uma faca, o suspeito teria cortado o corpo da vítima em duas partes, colocado uma delas em uma sacola e outra enrolada em um cobertor e jogado em uma região de mata às margens de uma rodovia na região do Alto Vale.

A Polícia Civil de Taió, juntamente com o Instituto Geral de Perícias e Corpo de Bombeiros estão mobilizados na tentativa de localizar o corpo do jovem.

Comentários