Anuncie aqui!
Publicado há 09:26 | Atualizado em 09/07/19 às 09:07

Vereador questiona modo de contratação na prefeitura de Taió

O vereador Jair Alberto das Neves, o Jinho do PP, cobrou da administração do município de de Taió, que reavalie o edital para contratação de assistente social. Jinho argumentou que a prefeitura deveria convocar para o cargo, a pessoas que passou no concurso público realizado no começo do ano. Acontece que a prefeitura publicou edital para contratação temporária via processo seletivo simplificado, só com documentações, sem nenhum teste ou disputa de prova.

“Abrindo vaga para um processo seletivo simplificado e não chamaram a pessoa que passou no concurso soa muito estranho, eu quero ver a transparência dessa administração, não me parece transparente a contratação por afinidade”, questionou Jinho. Depois que o vereador abordou o assunto, na semana passada, a administração publicou novo edital, com alterações, que, para o parlamentar, estava errado. O documento previa que a contratação temporária teria validade até novo concurso público, mas a vaga não foi completada pelo concurso valendo.

A administração argumentou que a contratação temporária serviria para completar um programa do governo federal com atribuições específicas.Mas o vereador questionou o fato de que a retificação do edital, não mencionou as atribuições, e ficou pior, em sua avaliação. Por fim, Jinho solicitou a revogação completa dessa modalidade de contratação temporária, já que o novo edital, sequer especifica as atribuições da vaga.