Fechamento de defensorias vai afetar 36 cidades de Santa Catarina

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

As unidades da Defensoria Pública da União (DPU) em Joinville e em Criciúma estão para fechar as portas. Segundo a instituição, a medida faz parte de um plano de emergência, traçado pelo governo Federal, que pediu o retorno dos servidores cedidos ao órgão em todo o país até 27 de julho. Caso se concretize, a medida deixará 36 cidades do Estado sem atendimento.

Em Joinville, o fechamento da unidade da DPU teria um impacto em toda a região Norte de Santa Catarina. Além da cidade sede, o órgão tem abrangência nos municípios de Araquari, Balneário Barra do Sul, Barra Velha, Campo Alegre, Garuva, Itapoá, São Francisco do Sul e São João do Itaperiú. No ano passado, 3.241 pessoas foram beneficiados pelo trabalho realizado pela DPU na cidade.

Comentários