Trombudo Central deve ampliar perímetro urbano

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Para regularizar residências na BR 470, Trombudo Central deve ampliar perímetro urbano

Não houve consenso na terceira e última audiência pública, para debater a expansão do perímetro urbano de Trombudo Central. A ação faz parte da revisão do Plano Diretor do Município e tem como objetivo regularizar as residências existentes e preservar a mineração de pedra ardósia, comum na região de Bracatinga, próximo a BR 470. De acordo com o secretário de Administração e Finanças de Trombudo Central, Geziel Balcker, a prefeitura já estuda essa possibilidade desde 2017. Segundo a reportagem do jornal Diário do Alto Vale, na localidade existe a concentração de mineradores que exploram a pedra ardósia e Trombudo Central é o único município de Santa Catarina que possui este tipo de minério. 

Por haver essa exploração, ele explicou que ao longo dos anos passou a haver uma concentração de residências e a localidade foi se expandindo de forma irregular. A localidade é considerada de perímetro rural, mas tem todas as características de perímetro urbano. Por ser área rural, os moradores ficam isentos de alguns pagamentos, como taxa de lixo e Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU), o que acaba refletindo no orçamento da Administração Municipal. Agora, a ampliação irá para votação na Câmara de Vereadores. Caso seja aprovada, a discussão continua, se for rejeitada, o perímetro urbano atual é mantido.

Comentários