Anuncie aqui!
Publicado há 13:16 | Atualizado em 26/09/19 às 01:09

26 adolescentes foram assassinados em Santa Catarina só em 2019

O assassinato de Brenda da Rocha Carvalho, 14 anos, no Sul de Santa Catarina, chocou os catarinenses pela brutalidade e trouxe à tona uma reflexão sobre o número de adolescentes mortos de forma violenta no Estado. Este ano, de 1º de janeiro a 15 de setembro, foram assassinados 26 jovens com idade entre 12 a 18 anos incompletos, conforme dados da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP). O número significa 4,2% do total de homicídios em Santa Catarina, sem contar os casos tratados como feminicídio — como o de Brenda.

Embora o número de adolescentes mortos seja alto, se comparado aos últimos cinco anos, 2019 tem os índices mais baixos em relação à faixa etária. Em 2014 foram 42 casos, e em 2017, o Estado chegou a 47 mortes no mesmo período. O Ministério Público de SC demonstra preocupação. Segundo o coordenador de Centro de Apoio da Infância e Juventude, promotor João Luiz de Carvalho Botega, mesmo com a redução, não se pode descansar até que os índices sejam zerados. Botega sugere que se façam denúncias ao Disque 100, para que ações possam evitar uma situação extrema, como a morte de uma criança ou adolescente.