Anuncie aqui!
Publicado há 16:47 | Atualizado em 02/04/20 às 10:04

Câmara gastará 10 mil para eliminar os ratos

Câmara de Taió gastará 10 mil para eliminar os ratos do prédio 

Na gestão de presidente Tiago Maestri, a Câmara de Vereadores de Taió, já torrou R$ 8.690,00 para dedetizar o prédio. Foram até agora, sete aplicações de pesticidas, raticidas granulado e parafinado. 

Todos os serviços foram feitos pela empresa José Petuco ME, de Taió. O que chama a atenção  é o valor inicial das duas primeiras aplicações, que custaram R$ 245,00, quando a Câmara fez uma cotação de três orçamentos. Conforme nota de empenho, foi emitida em 14/02/2017 no valor de R$ 245,00, em 13/10/2017 no valor de R$ 245,00.

Em média, a gestão Tiago Maestri, elimina a rataiada a cada seis meses. Em 2018, foram aplicadas duas vezes, por R$ 800,00 em maio e em outubro, quatro meses depois, por R$ 1.850,00.

Sem conseguir exterminar os ratos, Tiago Maestri contratou novamente o serviço em 2019, por R$ 3.700,00 reais, aplicados em fevereiro e julho do ano passado.

Não foi o suficiente, a quantidade de ratos deve ser tanta que, mesmo em recesso, o detetizador aplicou os venenos, conforme empenho em 6 de janeiro deste ano, pelo custo de mais R$1.850,00. Lá pelo mês de setembro, no auge da campanha eleitoral, os raticidas devem ser aplicados novamente. Se cobrar o mesmo valor, o custo total para eliminar os ratos da Câmara de Vereadores de Taió será de R$ 10.540,00. 

DATAS DOS PAGAMENTOS E EMPENHOS

14/02/2017 R$ 245,00

13/10/2017 R$ 245,00.

02/05/2018 – 800,00

17/10/2018 – 1.850,00

28/02/2019 – 1.850,00

05/07/2019 – 1.850,00

06/01/2020 – 1.850,00