- A informação que gera opinião!

Alesc concede moção de aplauso para a líder comunitária Dona Uda

 A homenageada lutou por uma educação justa e igualitária para as crianças e jovens. O reconhecimento dos deputados é por sua dedicação, compromisso e iniciativa exemplar em prol de ações afirmativas para inclusão social.

Por Redação

1 de dezembro de 2021

às 12:40

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 A Assembleia Legislativa, atendendo solicitação dos deputados Julio Garcia (PSD) e João Amin (PP), concedeu nesta terça-feira (30) moção de aplauso a Maria de Lourdes da Costa Gonzaga, a Dona Uda. A moção, aprovada por unanimidade, é um reconhecimento ao trabalho e contribuição para a emancipação social e combate à pobreza na cidade de Florianópolis.

 Dona Uda coordena o grupo de mulheres negras do Programa Antonieta de Barros. Além disso, é madrinha da melhor idade e responsável pelas baianas da Copa Lord. Também foi professora por 30 anos no Mont Serrat, comunidade do Maciço da Cruz, na região central da Capital.

 A homenageada lutou por uma educação justa e igualitária para as crianças e jovens. O reconhecimento dos deputados é por sua dedicação, compromisso e iniciativa exemplar em prol de ações afirmativas para inclusão social.

 Julio Garcia destacou que a moção é um reconhecimento da Assembleia Legislativa pelo trabalho desenvolvido por Dona Uda para o bem de Florianópolis e de Santa Catarina. “O programa homenageia em primeiro lugar aquela que leva o seu nome, a ex-deputada Antonieta de Barros. A Dona Uda é uma das incentivadoras e uma das razões do surgimento desse programa. Ela também é responsável pelo aumento do número de vagas. Trata-se de uma homenagem singela da Alesc, mas muito merecida.”

 De acordo com João Amin, a Dona Uda é uma personalidade muito importante para as comunidades de Florianópolis. Ressalta que se trata de uma mulher de fibra e coragem, uma líder comunitária, que dedicou sua vida pela luta por uma educação justa e igualitária para as crianças e jovens. “Reconhecemos sua dedicação e compromisso com a inclusão social”.

 A homenageada, Dona Uda, enfatizou a importância do Programa Antonieta de Barros para o morro do Mont Serrat e outras comunidades da cidade. “É preciso reconhecer os agentes eclesiais e a parte esportiva nesse projeto que ajuda muito as nossas crianças”, destaca a líder comunitária.

 Para a coordenadora de estágios especiais, Mirian Lopes Pereira, a Dona Uda é um orgulho para o Programa Antonieta de Barros. “Uma mulher à frente de seu tempo. Um exemplo a ser seguido. Sempre foi parceira do programa. Está sempre sendo uma guerreira pelos jovens e pelas crianças das comunidades carentes.”

 A moção de aplauso também teve a presença das ex-coordenadoras do programa, professora Jeruse Romão e Marilú Lima de Oliveira.

 Fonte: ALESC

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Últimas notícias

A marca foi atingida com o material recolhido durante o ano de 2021.
O projeto do CNMP tem como objetivo fomentar o debate e as ações para valorizar a diversidade e a dignidade da pessoa humana.
Durante o recesso, alguns serviços funcionarão em regime de plantão.