- A informação que gera opinião!

Atletas da CME terão acompanhamento psicológico e assistencial

O diretor de Esportes, Rafael Censi, explica que, até o momento, os professores notaram poucos alunos com dificuldades, mas ainda existem situações.

Por Redação

16 de agosto de 2021

às 12:00

Compartilhe

 Cuidar tanto da mente quanto do corpo é essencial. Por isso, a Secretaria de Educação, Cultura e Desporto de Presidente Getúlio vai começar a oferecer atendimento psicológico e de assistência social aos atletas que frequentam a CME (Comissão Municipal de Esportes). O acompanhamento deve iniciar ainda este mês.

 O ponto de partida será pela observação dos 300 estudantes durante os treinos e detecção de possíveis necessidades. Após, os atletas passarão por um momento de diálogo com os profissionais que iniciarão o acompanhamento da forma mais adequada para cada caso.

 O diretor de Esportes, Rafael Censi, explica que, até o momento, os professores notaram poucos alunos com dificuldades, mas que existem duas situações. “Temos alunos que necessitam da atenção de um assistente social, que acompanhará também as famílias. E tem ainda, atletas de alta performance, que se destacam durante os treinos, e nas competições acabam se retraindo”, relata.

 Até meados de 2019, apenas os estudantes da EMEB Tancredo Neves recebiam atendimento de psicólogo. Agora, a Secretaria de Educação, Cultura e Desporto disponibiliza o serviço para todas as unidades da Rede Municipal de Ensino.

 Fonte: Assessoria de Comunicação, Município de Presidente Getúlio

Últimas notícias

Ao todo, 963 unidades escolares, de um total de 1.064, passaram por melhorias.
Alto risco ronda pacientes das Unidades Básicas de Saúde Vila Mariana e Centro/Palmital. Aviso foi divulgado em nome da secretária de Saúde, Rozi Terezinha de Souza. Mensagem tenta amenizar a gravidade da situação ao informar que locais de atendimento estão “temporariamente sem médicos”. Como se tal circunstância não fosse um absurdo inadmissível. O anúncio nem sequer diz quando novos profissionais assumirão as vagas. Apenas sustenta que Rozi “já” tomou providência. Mas, diante de tamanha ameaça, o portal Alto Vale Agora troca o “já” de Rozi por um “POR QUE” dirigido à secretária. Leia e entenda...
Esses projetos receberão os recursos em até quatro parcelas.