- A informação que gera opinião!

Condenados homens acusados por morte em bar, localizado no Oeste catarinense

Por Redação

30 de junho de 2021

às 13:00

Compartilhe

 A última sessão do Tribunal do Júri no mês de junho, na comarca de Chapecó, condenou dois homens por homicídio qualificado pelo emprego de recurso que dificultou a defesa da vítima. Durante o processo não foi possível identificar o autor do golpe fatal de arma branca, mas as provas e depoimentos confirmaram o envolvimento dos dois na morte da vítima.

Um dos réus continua foragido. Mesmo assim foi condenado a 16 anos e quatro meses de prisão. Já o réu que está preso desde a data do crime foi sentenciado a 14 anos de reclusão. Ambos em regime fechado. O julgamento foi conduzido pelo juiz substituto Claudio Rego Pantoja. A acusação foi feita pelo representante do Ministério Público, promotor de justiça Átila Guastalla Lopes. A defesa ficou a cargo dos advogados Rodrigo Menezes e Guilherme Cima. 

A morte do homem aconteceu durante uma briga em um bar localizado no bairro Santo Antônio, em Chapecó. De acordo com a denúncia apresentada, a agressão aconteceu após a vítima reagir a provocações de uma criança que agiu a mando dos réus. Um golpe de faca que atingiu as costas do homem causou a morte ainda no local.

 Fonte: TJSC

Últimas notícias

Suspeita de fraude milionária com recursos federais envolve entidade de assistência social contratada por duas prefeituras catarinenses entre 2014 e 2016 e que, depois, com outro nome, firmou contrato com uma terceira prefeitura entre 2018 e 2020. Operação foi deflagrada em oito municípios.
Docente teria constrangido adolescentes a tal ponto que elas não queriam mais entrar na sala de aula. Fonte contou ao portal Alto Vale Agora que as estudantes relataram olhares insinuantes e piadas sujas dele no ambiente escolar.
Eder Ceola pede “instauração de Inquérito Civil Administrativo” contra Rozi Terezinha de Souza para apurar pagamentos totais de R$ 1,2 milhão a médico credenciado pela prefeitura.