- A informação que gera opinião!

Em Criciúma, Carlos Moisés anuncia mais de R$ 70 milhões em investimentos

O chefe do Executivo estadual também esteve presente e assinou a ordem de serviço.

Por Redação

27 de agosto de 2021

às 09:20

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 Em todas as regiões de Santa Catarina, o Governo do Estado tem feito inúmeros investimentos, todos planejados, ouvindo as reivindicações e as demandas prioritárias da população. Nesta quinta-feira, 26, foi a vez de municípios do Sul catarinense. Em Criciúma, recursos superiores a R$ 70 milhões para diferentes áreas foram anunciados pelo governador Carlos Moisés.

 “São muitas obras e feitos para a região Sul. Alguém disse que os cofres estão cheios. Não, não é assim, nós economizamos e organizamos a casa. Não queremos os cofres cheios, queremos um governo municipalista, fazendo convênios, aplicando o dinheiro onde ele deve estar, na melhoria da qualidade de vida dos catarinenses. Precisamos investir e fazer o dinheiro girar”, disse o governador.

 O chefe do Executivo estadual também assinou a ordem de serviço para o início da construção do Centro de Inovação de Criciúma, considerada uma das principais obras para fortalecer o desenvolvimento econômico da Região Carbonífera. Os atos ocorreram no Teatro Elias Angeloni, durante o lançamento do programa chamado O Brasil que dá certo começa aqui, realizado pela prefeitura de Criciúma em parceria com o Governo do Estado.

 O prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, comemorou a parceria com a gestão estadual e agradeceu a acolhida do governador, que atende a maior parte das demandas da cidade. “Pode ter certeza que cada centavo repassado para a prefeitura será muito bem aplicado”, afirmou Salvaro.

 Fonte: Secom/SC

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Últimas notícias

Evento ocorreu na noite desta quarta-feira, 22, no Centro de Inovação Norberto Frahm (CINF) e reuniu mais de 200 participantes.
A concessão da LAI representa um grande avanço para o desenvolvimento social e econômico catarinense.
Uma campanha educativa será desenvolvida para comunicar as formas de se evitar a transmissão da doença.