- A informação que gera opinião!

Em Rio do Sul, primeira-dama apresenta trabalho da Rede Laço e capacitação para projetos voltados ao Terceiro Setor

A presidente da Rede Laço explica que o objetivo é capacitar e desenvolver a criatividade dos representantes de organizações.

Por Redação

27 de agosto de 2021

às 11:40

Compartilhe

 Em agenda no município de Rio do Sul nesta quinta-feira, 26, a primeira-dama do Estado, Késia Martins da Silva, apresentou o trabalho da Rede Laço de Voluntariado e fortaleceu a parceria para estimular ações e projetos que visem o desenvolvimento do Terceiro Setor em Santa Catarina. Uma oficina para elaboração de projetos ocorre até esta sexta-feira, 27, no campus da Unidavi e conta com 37 representantes de instituições locais.

 A presidente da Rede Laço explica que o objetivo é capacitar e desenvolver a criatividade dos representantes de organizações para que consigam desenvolver projetos aptos a acessar recursos para as instituições. “A metodologia foi criada por profissionais com excelente capacidade técnica e está aí para ajudar a desenvolver o Terceiro Setor. Com projetos bem feitos e inovadores, as instituições poderão acessar cada vez mais recursos que podem ser, por exemplo, de emendas parlamentares, editais nacionais e até internacionais”, salienta Késia Martins da Silva.

 Entre os compromissos na cidade que é uma das mais importantes do Alto Vale do Itajaí, o trabalho e as ações da Rede Laço foram apresentadas pela primeira-dama durante um almoço com representantes do Núcleo da Mulher Empresária e outras lideranças femininas de Rio do Sul. O prefeito de Rio do Sul, José Thome; a primeira-dama do município, Scheila Nardelli; a vice-prefeita, Karla Miguel e outras autoridades estavam presentes.

 Já no período da tarde, a agenda reservou espaço para uma oficina de capacitação com o objetivo de ajudar instituições e organizações sem fins lucrativos na elaboração de projetos para captação de recursos.

 O Reitor da Unidavi, Alcir Teixeira, agradeceu a visita da primeira-dama e fez questão de frisar que é a primeira vez que isso ocorre em 55 anos de história da Instituição. Também estendeu agradecimentos ao governador Carlos Moisés pelas ações de valorização do ensino e da educação catarinense. “É um olhar que nenhum outro governo teve”, pontuou. Para o reitor, as parcerias nas áreas social e da educação, fortalecem a instituição, o Estado e o governo. “Estamos muito felizes em contribuir com o trabalho da Rede Laço. A Unidavi é uma instituição comprometida com as causas comunitárias e esta é uma parceria onde todos ganham, inclusive o governo ao ver seus propósitos atendendo aos pleitos da sociedade para melhorias das condições de vida”, afirma.

 Também participaram da solenidade de abertura da oficina de elaboração de projetos o secretário adjunto da Secretaria de Estado da Educação (SED), Vitor Balthazar; a vice-reitora da Unidavi, Prof.ª Dr.ª Patrícia Pasqualini Philippi; pró-reitor de Pesquisa, Extensão e Inovação, Prof. M.e Charles Hasse e demais professores da instituição.

 Késia Martins da Silva finalizou a agenda em Rio do Sul com a participação na Conferência Municipal de Desenvolvimento Social, na Obra Kolping. Na oportunidade, a primeira-dama aproveitou para conhecer os projetos desenvolvidos na instituição.

 Fonte: Secom/SC

Últimas notícias

Ao todo, 963 unidades escolares, de um total de 1.064, passaram por melhorias.
Alto risco ronda pacientes das Unidades Básicas de Saúde Vila Mariana e Centro/Palmital. Aviso foi divulgado em nome da secretária de Saúde, Rozi Terezinha de Souza. Mensagem tenta amenizar a gravidade da situação ao informar que locais de atendimento estão “temporariamente sem médicos”. Como se tal circunstância não fosse um absurdo inadmissível. O anúncio nem sequer diz quando novos profissionais assumirão as vagas. Apenas sustenta que Rozi “já” tomou providência. Mas, diante de tamanha ameaça, o portal Alto Vale Agora troca o “já” de Rozi por um “POR QUE” dirigido à secretária. Leia e entenda...
Esses projetos receberão os recursos em até quatro parcelas.