- A informação que gera opinião!

Estado investe R$ 33,7 milhões para educação especial

Os investimentos serão destinados à Grande Florianópolis e Serra.

Por Redação

6 de outubro de 2021

às 11:20

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 O Governo do Estado continua realizando investimentos históricos para melhorar a estrutura da educação especial em Santa Catarina. Nesta terça-feira, 5, o governador Carlos Moisés formalizou a destinação de R$ 31,1 milhões para instituições da Grande Florianópolis e outros R$ 2,57 milhões para entidades da Serra Catarinense. O ato foi realizado no Teatro Pedro Ivo, em Florianópolis. Os recursos serão aplicados na execução de projetos para ampliar e melhorar a qualidade do atendimento a três mil pessoas com deficiência.

​ “Estamos trabalhando para que seja mais leve a luta diária das pessoas com deficiência, das suas famílias e dos profissionais das instituições que as atendem. Não é um caminho simples, é um caminho de muito esforço, muito trabalho. Quando encontramos um ambiente assim, com esses olhares e esses sorrisos, nossa motivação se renova. Quem faz o bem sempre encontra resistência, por isso precisamos estar unidos”, enfatiza o governador Carlos Moisés.

 Os recursos são provenientes da Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE). De acordo com a presidente, Janice Krasniak, são investimentos que farão a diferença na vida de aproximadamente 25 mil educandos com deficiência em todo o estado. “Hoje podemos dizer que são mais de R$ 200 milhões investidos na infraestrutura de educação especial. Todas as pessoas serão atendidas com qualidade. Há obras que antes não eram possíveis, instituições que estão tendo duas sedes reconstruídas, ampliadas, equipadas, com acessibilidade e tecnologia. Nunca houve algo assim em Santa Catarina”, afirma.

 No total, os valores vão permitir obras de ampliação e melhorias de infraestrutura de 16 Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes), construção de novas sedes para três instituições, aquisição de equipamentos de informática e eletrônicos para 16 entidades, aquisição de 12 veículos e ônibus adaptados, parques e academias acessíveis, implantação de jardins sensoriais, salas de psicomotricidade e de integração sensorial, móveis adaptados para sala de aula, equipamentos de tecnologia assistiva para deficientes visuais e uma usina fotovoltaica.

 “Lembrados e amados”

 Entre as instituições beneficiadas estão a Apae de Florianópolis, que atende mais de 600 educandos com deficiência e é uma das principais parceiras da FCEE. A instituição receberá R$ 5,2 milhões em repasses – recursos que permitirão a conclusão das obras de ampliação da sede da instituição e também a implantação de uma sala de integração sensorial e aquisição de mobiliário acessível para a brinquedoteca.

 As instituições beneficiadas estão localizadas em 24 municípios: Águas Mornas,  Alfredo Wagner, Angelina, Anitápolis, Antônio Carlos, Biguaçu, Bocaina do Sul, Bom Jardim da Serra, Bom Retiro, Campo Belo do Sul, Canelinha, Correia Pinto, Florianópolis, Garopaba, Governador Celso Ramos, Nova Trento, Palhoça, Paulo Lopes, Rancho Queimado, Santo Amaro da Imperatriz, São João Batista, São José, São José do Cerrito e Tijucas.

​ “Muitas vezes passamos despercebidos. Hoje somos lembrados e amados. Temos uma gratidão eterna por isso”, afirmou a presidente da Apae de Antônio Carlos, Ledir Pauli.

 Em ato a ser realizado na noite desta terça-feira, em São José, serão repassados mais R$ 6 milhões para dois projetos da prefeitura do muncípio Construção do Centro de Referência de Atendimento ao Autismo e Construção do Novo Centro de Educação Infantil nas dependências do Campus da FCEE.

 Os atos da tarde desta terça no Teatro Pedro Ivo tiveram a participação dos deputados estaduais Ismael dos Santos, Luciane Carminatti, Marlene Fengler, Sergio Mota e Vicente Caropreso, os secretários de Estado Luiz Fernando Vampiro (Educação), André Motta Ribeiro (Saúde), Leandro Lima (Administração Prisional e Socioeducativa), o procurador-geral do Estado, Alisson de Bom de Souza, o subchefe da Casa Civil, Juliano Chiodelli, secretário executivo da Comunicação, João Cavallazzi, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, gestores das instituições de educação especial, profissionais e alunos.

 Fonte: Secom/SC

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Últimas notícias

Evento aberto ao público será dia 19 de outubro apenas pela internet.
O investimento do Governo do Estado inclui 1,1 mil bolsas de pós-graduação para professores.
O repasse de recursos será para famílias de 19 municípios da região Oeste.