- A informação que gera opinião!

Exposição inédita celebrará os 130 anos da instalação do Tribunal de Justiça de SC

A celebração acontecerá na sexta-feira, 1º de outubro.

Por Redação

29 de setembro de 2021

às 09:40

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 O Judiciário catarinense viverá um momento de celebração nesta sexta-feira, dia 1º de outubro, data que marca os 130 anos da instalação do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC). A exposição “Um Palácio de Memórias” terá espaço no Museu do Judiciário Catarinense, no hall superior da Torre I do TJSC, contando também com uma versão virtual no Portal Memória.

 O anúncio da abertura da exposição ocorrerá durante sessão extraordinária do Pleno, com início às 14 horas de sexta-feira, aberta para cobertura dos profissionais da imprensa. Na oportunidade, serão homenageados os magistrados que se aposentaram no biênio 2020/2021, além da entrega da Medalha da Ordem do Mérito Judiciário Catarinense ao servidor aposentado Jurandir Schroeder e aos desembargadores empossados na gestão 2020/2021.

 A partir de um amplo trabalho de pesquisa, mais de 200 documentos históricos foram digitalizados e reproduzidos em peças impressas que vão compor o Palácio de Memórias. Detalhes da exposição poderão ser conhecidos apenas na celebração dos 130 anos, com a presença de magistrados e servidores. Os visitantes serão surpreendidos por uma estrutura diferente, montada no Museu do Judiciário Catarinense. Devido às medidas sanitárias decorrentes da Covid-19, a exposição contará com uma versão virtual composta de quatro pequenos vídeos, que resgatam a história e promovem a memória do Judiciário. O conteúdo será disponibilizado no Portal Memória do PJSC.

 Responsável pela curadoria da exposição “Um Palácio de Memórias”, o chefe da Divisão de Documentação e Memória do Judiciário, Adelson André Brüggemann, comenta o esforço dedicado na idealização e execução do projeto: “É um trabalho extremamente manual, mas que envolve todo um processo intelectual de reflexão sobre o que pode dar certo ou não na realização do projeto. Assim como ao escrever um livro se pensa no leitor, ao montar uma exposição nós pensamos no visitante”. O mobiliário do antigo Pleno, utilizado na década de 1950, faz parte da exposição permanente do Museu do Judiciário Catarinense e também estará acessível ao público na celebração dos 130 anos.

 Fonte: TJSC

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Últimas notícias

Liminar em ação ajuizada pelo MPSC por suposta fraude em concurso público proibia novos contratos.
A decisão é do 2º Juizado Especial Cível da comarca de Balneário Camboriú.
Ação da 1ª Promotoria de Justiça aponta suposta prática de homicídio triplamente qualificado: como feminicídio, pelo motivo torpe e por impossibilitar a defesa da vítima.