- A informação que gera opinião!

Governo vai investir R$84,5 milhões em nova ligação entre Tubarão e Laguna

O governador anunciou a destinação dos recursos, na sexta-feira, em ato na Unisul.

Por Redação

30 de agosto de 2021

às 09:20

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 Percorrer o bonito caminho entre Tubarão e Laguna, às margens do Rio Tubarão, exige encarar barro e poeira. Mas essa realidade vai mudar. O Governo do Estado vai destinar R$ 84,5 milhões para a pavimentação da Rodovia Ageu Medeiros. Este foi um dos anúncios feitos pelo governador Carlos Moisés, na sexta-feira, 27, em ato realizado na Unisul. Os recursos anunciados para a infraestrutura, saúde, saneamento e emendas parlamentares chegam a mais de R$ 131 milhões.

 “Nós aplicamos o dinheiro onde ele deve estar. Cortamos o que não era necessário. Estabelecemos prioridades, isso é fazer gestão pública. É nossa obrigação, nosso compromisso. Estamos transformando a realidade do Sul catarinense e de todas as outras regiões. Nenhuma ficará esquecida. É uma satisfação muito grande, um sentimento de realização olhar nos rostos das pessoas e mostrar que a região está no nosso coração e está sendo contemplada”, ressaltou o governador.

 “Estamos firmando o maior convênio da história de Santa Catarina em infraestrutura para todas as regiões. Hoje é mais uma grande conquista, a Ageu Medeiros, que chamamos de Rodovia Serramar, faz conexão importante da Serra até o Litoral. É o Estado cumprindo com o que prometeu. Sangão era outra demanda histórica, assumimos o compromisso e a obra vai começar. São obras estruturantes”, destacou o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira.

 Fonte: Secom/SC

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Últimas notícias

Evento ocorreu na noite desta quarta-feira, 22, no Centro de Inovação Norberto Frahm (CINF) e reuniu mais de 200 participantes.
A concessão da LAI representa um grande avanço para o desenvolvimento social e econômico catarinense.
Uma campanha educativa será desenvolvida para comunicar as formas de se evitar a transmissão da doença.