- A informação que gera opinião!

Inaugurado primeiro galpão do novo polo industrial têxtil do Presídio Feminino de Chapecó

O projeto prevê a instalação de 18 galpões nas unidades prisionais localizadas em Chapecó.

Por Redação

2 de setembro de 2021

às 11:20

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 A ativação do primeiro galpão industrial no Presídio Feminino de Chapecó, nesta quarta-feira, 1º de setembro, materializa o projeto SAP Têxtil. Iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP), o projeto prevê a instalação de 18 galpões nas unidades prisionais localizadas em Chapecó, Criciúma, Curitibanos, Itajaí, São José do Cedro e São Miguel do Oeste e atende aos propósitos do Programa SC Mais Oportunidade.

 Na inauguração do espaço, o secretário da SAP, Leandro Lima, reforçou a importância de se manter e ampliar as políticas de geração de emprego e renda para os apenados. “O SAP Têxtil existe porque é o ramo da indústria que mais emprega em Santa Catarina. Nós estamos capacitando as internas para enfrentar o mercado de trabalho quando deixarem o sistema”, disse. Leandro Lima destacou que o trabalho de todos os operadores do sistema é fundamental para viabilizar os programas de geração de emprego e renda em todo o sistema prisional catarinense.

 O secretário da SAP fez um agradecimento especial ao governador Carlos Moisés. “O governador tem sido um grande parceiro do sistema prisional e entende que o trabalho de reabilitação social e econômica do apenado passa pela capacitação, oferta de vaga de trabalho e dignidade no cumprimento da pena”, finalizou.

 Presente na inauguração, a diretora-geral do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), Tânia Fogaça, assinalou que o investimento no sistema prisional é investir em segurança pública. “As políticas de combate ao crime organizado passam necessariamente pela evolução do sistema prisional”. Tânia Fogaça enfatizou que o Ministério da Justiça e da Segurança Pública (MJSP) tem uma visão clara nesse sentido, ou seja, compreende o sistema prisional como potente ferramenta de combate ao crime organizado e que deve ser usada como tal. Ela reforçou que o Depen apoiou a oficina recém-inaugurada em Chapecó destinando R$ 386 mil para a compra de equipamentos por meio do Procap.

 Também participaram da solenidade, o secretário adjunto da SAP, Edemir Alexandre Camargo Neto, o diretor do Deap, Vladecir Souza dos Santos, o diretor de Políticas Penitenciárias do Depen, Sandro Abel Sousa Barradas, entre outros convidados especiais.

 Fonte: Secom/SC

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Últimas notícias

As novas rotas serão operadas pela empresa Aerosul.
Parceria prepara jovens para o mercado de trabalho.
No total, 21 palestrantes vão formular propostas para temáticas estruturantes, na perspectiva educacional.