- A informação que gera opinião!

Lixeiras comunitárias são removidas em Presidente Getúlio

Os locais estavam sendo pontos de descarte incorreto de materiais, causando sujeira, mau cheiro e proliferação de insetos.

Por Redação

19 de julho de 2021

às 12:00

Compartilhe

 Com o objetivo de promover mais higiene e limpeza nas comunidades do interior, as lixeiras comunitárias estão sendo desativadas. Os locais estavam sendo pontos de descarte incorreto de materiais, causando sujeira, mau cheiro e proliferação de insetos.

 “Quem passa pelas comunidades, se depara com situações que não resumem a realidade do município. Trabalhamos pela limpeza e melhor qualidade de vida da população, mas a manutenção dos espaços públicos depende também da ação dos munícipes”, reforça o superintendente do Saate, Edson José Staloch.

 A Prefeitura, por meio Serviço de Abastecimento de Água e Tratamento de Esgoto (Saate) coleta em média, 230 toneladas de lixo domiciliar por mês. Isso representa a cobertura do serviço em 100% do município.

 A coleta do lixo reciclável continuará acontecendo no interior, mas agora, os moradores devem deixar os sacos de lixo em frente às residências, onde o caminhão passa para recolher.

 Para saber o dia de coleta em sua localidade, basta acessar https://bit.ly/36DQBH1.

 Fonte: Assessoria de Comunicação, Município de Presidente Getúlio

Últimas notícias

Ao todo, 963 unidades escolares, de um total de 1.064, passaram por melhorias.
Alto risco ronda pacientes das Unidades Básicas de Saúde Vila Mariana e Centro/Palmital. Aviso foi divulgado em nome da secretária de Saúde, Rozi Terezinha de Souza. Mensagem tenta amenizar a gravidade da situação ao informar que locais de atendimento estão “temporariamente sem médicos”. Como se tal circunstância não fosse um absurdo inadmissível. O anúncio nem sequer diz quando novos profissionais assumirão as vagas. Apenas sustenta que Rozi “já” tomou providência. Mas, diante de tamanha ameaça, o portal Alto Vale Agora troca o “já” de Rozi por um “POR QUE” dirigido à secretária. Leia e entenda...
Esses projetos receberão os recursos em até quatro parcelas.