- A informação que gera opinião!

Mandante de assassinato é condenado a 12 anos de reclusão

O crime aconteceu em um terreno baldio no bairro Morro Grande, em Lages.

Por Redação

19 de julho de 2021

às 10:40

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 O Tribunal do Júri da comarca de Lages condenou um homem a 12 anos de reclusão em regime fechado, por um assassinato ocorrido em dezembro de 2016. O crime aconteceu em um terreno baldio no bairro Morro Grande.

 Segundo consta nos autos, o acusado, na condição de membro de uma organização criminosa, agiu como mandante do homicídio. A vítima morreu em decorrência de ferimentos ocasionados por golpes de telhas e tijolos de cimento maciço.

 O Tribunal do Júri aconteceu na última quinta-feira (15) e foi presidido pelo juiz substituto André Luiz Alves. A sessão ocorreu sem a presença de público, em respeito às normas de enfrentamento da pandemia da Covid-19.

 O magistrado negou que o acusado aguarde o julgamento de eventual recurso em liberdade, pois permaneceu encarcerado durante toda a tramitação processual.

 Fonte: TJSC

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Últimas notícias

Valor inclui multas aplicadas em ação por ato de improbidade administrativa em virtude de fraude em dispensas de licitação.
Ela foi condenada pelo crime de homicídio qualificado, ocorrido em cidade do Vale do Itajaí.
O Conselho de Sentença condenou os réus por homicídio duplamente qualificado por matarem mãe e filho carbonizados e por motivo fútil.