- A informação que gera opinião!

Mulher conhece filho através de videochamada

A mãe internou no último dia 3 com COVID e em seguida da UTI.

Por Redação

26 de julho de 2021

às 12:20

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 O sonho de toda a mãe é ter ao seu lado o filho momentos depois do nascimento. Mas esse não foi o caso de Cristini de Andrade Griboski, de 29 anos, que reside em Presidente Getúlio. O seu filho Cássio Jórdan, nasceu na quarta-feira (21), na maternidade do Hospital Regional Alto Vale de Rio do Sul, mas os dois tiveram que ficar separados porque ela estava na UTI/COVID inclusive intubada. Enquanto isso o bebê que nasceu de 35 semanas e quatro dias está na UTI Neonatal e foi visto por videochamada.

 O primeiro a ser diagnóstico positivo foi o marido. Charles Jonas Griboski internou no dia 28 de junho no Hospital Dr. Waldemiro Colautti, em Ibirama. Charles e Cristini fizeram o teste na mesma data, mas só o dele deu positivo. Alguns dias depois ela sentiu os sintomas e foi internada em Rio do Sul no dia 3 de julho na UTI/COVID e intubada 48 horas depois. Diante do quadro foi realizada a cesariana, quarta-feira (21).

 O primeiro contato de Cristini com Cássio foi 24 horas depois do nascimento, através de videochamada. No leito da UTI/COVID, ela acompanhava o bebê, que estava na Neonatal. “Foi emocionante a reação para nós que acompanhamos”, descreveu uma enfermeira. Ainda não uma previsão de quando mãe e filho vão se encontrar pela primeira vez. O bebê é o segundo filho do casal.

 Obs. O uso das imagens foi autorizado por Charles Jonas Griboski

 Fonte: Divulgação/Assessoria de Imprensa

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Últimas notícias

Novas portarias da Secretaria de Estado da Saúde serão publicadas em breve com as regras de funcionamento.
Obra faz parte de um estudo desenvolvido no doutorado pela UNLZ na Argentina.