- A informação que gera opinião!

O que é o dia do orgulho LGBTQIA+?

Por Redação

28 de junho de 2021

às 15:32

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

No Brasil e no mundo hoje é o Dia do Orgulho Gay. A data foi criada a partir de um dos episódios mais marcantes na luta da comunidade gay pelos seus direitos: a Rebelião de Stonewall, em 1969. Ela foi uma resposta a uma  série de invasões da polícia de Nova York aos bares que eram frequentados por homossexuais, e que eram presos e sofriam represálias por parte das autoridades. 

Depois deste dia, protestos em favor dos direitos dos homossexuais ganhou força e se espalhou por várias cidades em festas e desfiles da famosa Parada do Orgulho Gay. Hoje, o movimento político e social que defende a diversidade e busca mais representatividade e direitos para a comunidade é conhecido como LGBTQIA+.

Cada letra da sigla, representa um dos oito grupos sociais, Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transsexuais, Queer, Intersexo, Assexual e o + é para identificar outras variações sexualidade e e gêneros. O principal objetivo foi unir todas as pessoas que fazem parte da comunidade e se sintam representadas e reconhecidas. 

A primeira sigla utilizada foi GLS, criada em 1994, para representar os gays, lésbicas e simpatizantes. Depois, a sigla usada passou a ser GLBT. Com o tempo, mais coisas a respeito de gênero e orientação foram descobertas, e a sigla foi se atualizando. 

Entenda o significado de cada letra da sigla LGBTQIA+

L = Lésbicas: São mulheres que sentem atração afetiva/sexual pelo mesmo gênero, ou seja, outras mulheres. 

G = Gays: São homens que sentem atração afetiva/sexual pelo mesmo gênero, ou seja, outros homens. 

B = Bissexuais: Diz respeito aos homens e mulheres que sentem atração afetivo/sexual pelos gêneros masculino e feminino. 

T = Transexuais: A transexualidade não se relaciona com a orientação sexual, mas se refere à identidade de gênero. Dessa forma, corresponde às pessoas que não se identificam com o gênero atribuído em seu nascimento. As travestis também são incluídas neste grupo. Porém, apesar de se identificarem com a identidade feminina constituem um terceiro gênero. 

Q = Queer: Pessoas com o gênero ‘Queer’ são aquelas que transitam entre as noções de gênero, como é o caso das drag queens. A teoria queer defende que a orientação sexual e identidade de gênero não são resultado da funcionalidade biológica, mas de uma construção social. 

I = Intersexo: A pessoa intersexo está entre o feminino e o masculino. As suas combinações biológicas e desenvolvimento corporal – cromossomos, genitais, hormônios, etc – não se enquadram na norma binária (masculino ou feminino). 

Assexual: Assexuais não sentem atração sexual por outras pessoas, independente do gênero. Existem diferentes níveis de assexualidade e é comum que estas pessoas não veem as relações sexuais humanas como prioridade. 

+: O + é utilizado para incluir outros grupos e variações de sexualidade e gênero. Aqui são incluídos os pansexuais, por exemplo, que sentem atração por outras pessoas, independente do gênero. 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Últimas notícias

A campanha pretende combater violência contra a mulher.
Santa Catarina será o primeiro estado brasileiro a unificar documentos civis em um só dispositivo
Duas medalhas de bronze foram conquistadas.