- A informação que gera opinião!

Presidente Getúlio promove dia de vacinação contra a gripe e a Covid-19

Imunização será na UBS do Pinheiro das 8h às 14h.

Por Crislene Roberta

8 de julho de 2021

às 13:20

Compartilhe

 A Prefeitura de Presidente Getúlio realiza neste sábado (10) mais uma campanha de vacinação contra a Influenza (gripe) e a Covid-19. A mobilização da Secretaria Municipal de Saúde pretende imunizar o maior número possível da população getuliense. As imunizações acontecem na Unidade de Saúde do Bairro Pinheiro das 8h às 14h, sem intervalo.

 A vacinação contra a gripe será aberta para todas as pessoas, já que o último dia da campanha do Governo Federal é na sexta-feira (09) e somente 61% do público-alvo foi vacinado.

 Já a vacina contra a Covid-19, será aplicada nas pessoas a partir dos 40 anos, além das enquadradas nas etapas anteriores e que ainda não tenham se vacinado podem se dirigir a Unidade Básica de Saúde do bairro Pinheiro, sem necessidade de agendar. É preciso levar documento de identificação e a carteira de vacinação.

 Segundo a vacinadora, Analu Lange, é importante frisar que, como as campanhas de vacinação contra a gripe e Covid-19 são simultâneas, parte do público-alvo de sábado também se enquadra na lista de pessoas vacinadas contra o Coronavírus. Assim, é preciso respeitar o intervalo mínimo de 14 dias entre as duas vacinas.

 Fonte: Assessoria de Comunicação, Município de Presidente Getúlio

Últimas notícias

Ao responsabilizar secretária Rozi Terezinha de Souza pela irregularidade envolvendo servidor que não bateu ponto no intervalo do almoço durante um ano, Eder Ceola foi enfático: “Ela tem que devolver esses R$ 7 mil [que o médico faturou a mais por mês] para o povo.” E acrescenta: “O que mais me deixa triste, é que dava pra tirar todas as filas da ressonância” com o dinheiro das horas extras pagas ao especialista de forma indevida.
Gestor público taioense terá que se empenhar bem mais para garantir a liberação de outros R$ 6 milhões necessários à construção do anexo do Hospital e Maternidade Dona Lisette e cumprir promessa de instalação de uma UTI no quinto andar do futuro bloco.
Para vergonha da sua gestão, Horst Alexandre Purnhagen (MDB) mantém o fracasso que vem do mandato anterior. O político ainda não conseguiu concluir uma simples ponte estaiada bem no coração da cidade. E o pior: um aditivo, recém-assinado, fez o custo do serviço aumentar R$ 470 mil.