- A informação que gera opinião!

‘Queijo Suíço’ em trechos do Alto Vale será contemplado em licitação, informa DNIT

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) tem em andamento dois contratos na BR-470.

Por Redação

5 de agosto de 2021

às 09:30

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 Após críticas à precariedade de partes da rodovia, relatadas por motoristas ao portal Alto Vale Agora, cobramos explicações da autarquia para saber quais são as obras de melhoria na importante ligação entre leste e oeste de SC.

 O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) tem em andamento dois contratos na BR-470: um para recuperação de pontos críticos resultante das chuvas do final de 2020 e início de 2021 e outro de manutenção e conservação da pista e faixa de domínio da rodovia.

 No contrato para recuperação de pontos críticos, que são instabilidade nos taludes das rodovias resultante de intensas precipitações, estão sendo executados serviços de obras de contenções capazes de trazer uma solução mais definitiva para o problema, informa a assessoria de imprensa da autarquia.

 Manutenção e Conservação

 Com relação ao contrato de Manutenção/Conservação que compreende o segmento entre Ponte Alta (km 199,6) e Campos Novos (km 302,1), já em vigência, será possível a realização de serviços de Tapa Buraco, remendos em situações mais emergenciais.

 Nesse contrato estão previstos também intervenções de maior vulto, com serviços de restauração. Inicialmente está estabelecido um investimento da ordem de  R$ 2 (dois) milhões de reais para serviços de restauração, ainda em 2021.

 Restauração em segmento crítico no Alto Vale

 O segmento compreendido de Indaial (km 73,2), passando pelos municípios do Alto Vale do Itajaí e terminando em Ponte Alta (km 199,6), já na Serra, tem licitação marcada para esta quarta-feira (4), segundo nota do DNIT.

 A exemplo do outro segmento, também estão previstos serviços de restauração que permitirão sanar os segmentos mais críticos da rodovia.

 A autarquia federal, vinculada ao Ministério dos Transportes, não fez previsão para o início dos trabalhos.

 Esperança

 A expectativa é que seja sanada a buraqueira que estraga veículos e coloca vidas em risco nas travessias de Rodeio, Ascurra e Apiúna, além de Lontras, Rio do Sul e Trombudo Central.

 Diante do verdadeiro ‘queijo suíço’ em que se encontram trechos da esburacada BR-470, especialmente no Alto Vale, ficam as dicas: redobre o cuidado e – o que nunca é demais – reze!

 Foto: PRF

 Fonte: Da Redação

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Últimas notícias

Uma das principais rodovias de Santa Catarina coleciona ‘panelas e crateras’. Precariedade desafia motoristas que escapam até pelo acostamento, detona veículos e coloca vidas em risco. Mas não parece envergonhar autoridades coniventes com o descaso.
“Há fundadas razões para que tenha ocorrido direcionamento no procedimento licitatório”, “superfaturamento” e custos quase triplicados em contrato de R$ 1,36 milhão, alerta representação encaminhada por Eder Ceola.
Dirigindo no conforto da ‘nave’ paga pelo povo, agora, Cesar Panini, talvez, poderá enxergar melhor – através dos grandes vidros do luxuoso SUV zero km - que a crise enfrentada pelos trabalhadores só cresce na pandemia.