- A informação que gera opinião!

Sábado tem Dia D da campanha de multivacinação em Rio do Sul

10 locais em Rio do Sul estarão abertos das 8h às 17h para atualização de vacinas de crianças e adolescentes.

Por Redação

14 de outubro de 2021

às 11:00

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 Neste sábado (16), as unidades de saúde dos bairros Barra do Trombudo, Barragem, Bela Aliança, Bremer, Budag, Canta Galo, Fundo Canoas, Santa Rita, Santana e a Policlínica estarão abertos das 8h às 17h para o Dia D da campanha de multivacinação de crianças e adolescentes de até 15 anos de idade. É a oportunidade para os pais ou responsáveis encaminharem ao posto de saúde, aquela criança ou jovem que precisa atualizar a carteira de vacinação

 Uma relação de vacinas está disponível nesta campanha proposta pelo Ministério da Saúde com o objetivo de atualizar as cadernetas de vacinação e melhorar as coberturas, diminuindo a incidência de doenças.

 A Secretaria de Saúde de Rio do Sul alerta aos pais que procurem manter as vacinas das crianças em dia, ajudando assim a prevenir doenças. Em caso de dúvida, a família pode procurar a unidade de saúde, levando a carteira de vacinação para conferência. A vacinação em muitos casos é requisito para que o jovem possa ser matriculado no ensino infantil ou fundamental.

  A vacina contra a Covid-19, destinada a adolescentes de 12 a 17 anos está em falta em Rio do Sul, não sendo possível fazer a imunização neste momento.

 Vacinas ofertadas em Rio do Sul

 – BCG

 – Hepatite B e A

 – Pentavalente

 – Polio inativada e Polio oral

 – Rotavírus

 – Pneumocócica 10

 – Meningocócica C e ACWY

 – Tríplice Viral

 – Tríplice bacteriana

 – Varicela

 – Febre Amarela

 – HPV

 – Dupla adulto

Fonte: Departamento de Comunicação, Prefeitura de Rio do Sul

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Últimas notícias

A campanha de multivacinação iniciou no dia 01 e vai até 29 de outubro.
Alô Saúde é serviço de chamadas via 0800, chat on-line e videochamada para ajudar em dúvidas de saúde.
Dados mostram que o número de notificações de sífilis adquirida teve uma leve redução, de 10.946 casos em 2019 para 8.802 em 2020.