- A informação que gera opinião!

SC investirá mais R$ 100 milhões para minimizar os impactos da estiagem no meio rural

Os novos limites de apoio e de subvenção dos programas foram aprovados pelo Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural (Cederural) na sexta-feira, 25.

Por Ana Ceron

28 de junho de 2021

às 12:40

Compartilhe

 O governo do Estado investirá mais R$ 100 milhões em programas e ações para minimizar os impactos da estiagem em Santa Catarina. O novo aporte de recursos foi garantido pelo governador Carlos Moisés com a sanção da Lei 18.137/2021, e irá reforçar os projetos da Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural que apoiam a construção de cisternas e conservação de fontes e nascentes, além de suporte aos municípios.

 “Ciente das demandas do agronegócio catarinense, principalmente em relação à estiagem, o governo estadual liberou R$ 100 milhões, que serão aplicados em ações para minimizar os impactos da falta de chuvas em Santa Catarina. Nossa intenção é que cada propriedade rural possua um mecanismo de reservação de água; assim, os agricultores poderão enfrentar os tempos de adversidade e essa água se transformará em produção, renda e desenvolvimento para o nosso Estado”, destacou o secretário da Agricultura, Altair Silva.

 A Secretaria da Agricultura irá aplicar os R$ 100 milhões em programas existentes e também no apoio direto aos municípios. Esses recursos se somarão às ações já executadas para minimizar os efeitos da crise hídrica e fomento ao setor produtivo, que chegam a R$ 243,5 milhões este ano.

 O secretário adjunto Ricardo Miotto explicou que o montante será divido da seguinte forma: R$ 70 milhões para reforçar os programas de armazenagem, captação e uso de água, além de conservação do solo e recuperação de fontes e nascentes, e R$ 30 milhões para aquisição de equipamentos que darão suporte a essas ações nos municípios.

 “Mais um dia histórico para Santa Catarina, porque tivemos avanços importantes nas políticas públicas disponibilizadas pela Secretaria da Agricultura. Melhoramos nossas linhas de crédito e tornamos ainda mais atrativas para os agricultores que sofrem com os impactos da estiagem. É importante ressaltar que os R$ 100 milhões são recursos próprios, dos cofres do governo do Estado, resultantes do bom trabalho de gestão que vem sendo  desenvolvido pelo governador Moisés”, lembrou Miotto.

 Fonte: Secom/SC

Últimas notícias

Ao todo, 963 unidades escolares, de um total de 1.064, passaram por melhorias.
Alto risco ronda pacientes das Unidades Básicas de Saúde Vila Mariana e Centro/Palmital. Aviso foi divulgado em nome da secretária de Saúde, Rozi Terezinha de Souza. Mensagem tenta amenizar a gravidade da situação ao informar que locais de atendimento estão “temporariamente sem médicos”. Como se tal circunstância não fosse um absurdo inadmissível. O anúncio nem sequer diz quando novos profissionais assumirão as vagas. Apenas sustenta que Rozi “já” tomou providência. Mas, diante de tamanha ameaça, o portal Alto Vale Agora troca o “já” de Rozi por um “POR QUE” dirigido à secretária. Leia e entenda...
Esses projetos receberão os recursos em até quatro parcelas.