- A informação que gera opinião!

Senai Alto Vale inicia aulas de costura em Ibirama e Lontras

As aulas começaram na tarde desta segunda-feira, 16, nos dois municípios.

Por Redação

17 de agosto de 2021

às 12:00

Compartilhe

 Em Ibirama, 44 pessoas, divididas em duas turmas (vespertino e noturno) ingressaram gratuitamente no curso profissionalizante de Costura Industrial. A capacitação tem 64 horas de duração e é oferecida pela prefeitura por meio da Secretaria de Assistência Social, em parceria com o SESI/Senai Alto Vale do Itajaí.

 A secretária de Assistência Social e Habitação de Ibirama, Fabiani Tenfen Soberanski, afirmou que diversas empresas do ramo têxtil já entraram em contato informando sobre vagas de trabalho. O vice-prefeito, Jucélio de Andrade, disse que o município pretende trazer outros cursos profissionalizantes. “Nossos servidores têm visitado algumas empresas com objetivo de termos um diagnóstico da demanda de mão de obra. Assim que tivermos isso definido, deveremos ofertar novos cursos, conforme a necessidade do mercado”, explicou Jucélio.

 O Senai também firmou contrato com a Prefeitura Municipal de Lontras, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico. São duas turmas de 20 alunos cada (vespertino e noturno), que começaram o curso de Costura Industrial, com duração de 162 horas. “Um dos setores que mais têm demanda por mão de obra qualificada é o têxtil. Então, por solicitação da sociedade, a prefeitura de Lontras contratou o curso do Senai, tendo como objetivo oferecer capacitação profissional à comunidade, gerando emprego e melhor qualidade de vida”, explicou o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Lontras, Valmor Zandonai.

 Em Ibirama, as aulas acontecem no Sesi e em Lontras, na Secretaria Municipal de Educação.

 Foto (Ibirama): Rafael Beling

 Fonte: Assessoria de Imprensa, Vice-presidência da FIESC para o Alto Vale do Itajaí

Últimas notícias

Ao todo, 963 unidades escolares, de um total de 1.064, passaram por melhorias.
Alto risco ronda pacientes das Unidades Básicas de Saúde Vila Mariana e Centro/Palmital. Aviso foi divulgado em nome da secretária de Saúde, Rozi Terezinha de Souza. Mensagem tenta amenizar a gravidade da situação ao informar que locais de atendimento estão “temporariamente sem médicos”. Como se tal circunstância não fosse um absurdo inadmissível. O anúncio nem sequer diz quando novos profissionais assumirão as vagas. Apenas sustenta que Rozi “já” tomou providência. Mas, diante de tamanha ameaça, o portal Alto Vale Agora troca o “já” de Rozi por um “POR QUE” dirigido à secretária. Leia e entenda...
Esses projetos receberão os recursos em até quatro parcelas.