- A informação que gera opinião!

Servidor da Câmara de Taió lança livro

Obra faz parte de um estudo desenvolvido no doutorado pela UNLZ na Argentina.

Por Redação

23 de setembro de 2021

às 09:00

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 O servidor da Câmara de Vereadores de Taió, Wanderlei Salvador lançou o livro A Origem e Evolução Histórica da Pena: Para analisar a tendência de vitimização do criminoso. A obra foi apresentada em tribuna, durante a sessão legislativa realizada nesta segunda-feira (20).

 O livro é uma adaptação de um estudo realizado pelo servidor, no doutorado pela Universidade Nacional de Lomas de Zamora (UNLZ) em Buenos Aires, na Argentina. A obra lançada pela editora Atlântico, de Lisboa é o resultado de cerca de três anos de pesquisas.

 “Não é um livro especialmente do Direito, é muito mais na área da história. Como a pena surge na história da humanidade, a evolução dela e como o Direito se envolve com a história. Visa analisar a tendência de vitimização do criminoso, hoje estamos vendo uma ebulição de inclinações onde àquele que cometeu o crime se vitimiza, são várias feituras que chegam até esse processo de vitimização. Esse livro analisa essa tendência, o porquê que estamos vendo essa situação peculiar”, declarou.

 Bacharel em Direito, o autor é o servidor de carreira que há mais tempo está no quadro efetivo da Câmara de Vereadores de Taió. São mais de 30 anos de serviços prestados ao Poder Legislativo taioense.

 Outras obras

 Este é o oitavo livro lançado pelo servidor, o primeiro foi o ‘Caminhos do Rio’, que deve ganhar um segundo volume. Outra obra escrita pelo servidor da Câmara e que tomou grande repercussão, principalmente regional foi o livro ‘Setembrino, o Rei do Gatilho’.

 Fonte: Assessoria de Comunicação, Câmara de Vereadores de Taió

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Últimas notícias

O estudo faz parte de um projeto, iniciado em 2020, para criar um novo kit de detecção do coronavírus.
O senador Flávio Arns participou de forma remota da sessão plenária desta quinta-feira; ele destacou que o Santuário de Nossa Senhora Aparecida comemora 70 anos como paróquia e 25 anos como santuário.
A ginasta iniciou sua carreira no esporte aos seis anos de idade.