- A informação que gera opinião!

Uniedu tem 561 bolsistas selecionados em edital de pós-graduação, com investimento de R$ 9 milhões

O prazo de entrega segue até o dia 5 de julho e a publicação dos outorgados e eliminados será publicada até o dia 12 de julho.

Por Gabriel Duwe de Lima

25 de junho de 2021

às 12:20

Compartilhe

 A Secretaria de Estado da Educação (SED) publicou na quarta-feira (23) o resultado do processo seletivo para concessão de bolsas de mestrado e doutorado do Programa de Bolsas Universitárias de Santa Catarina (Uniedu).

 Foram homologadas 329 candidaturas a bolsas de Mestrado e 232 para Doutorado, totalizando R$ 9 milhões investidos em novas bolsas de estudo apenas em 2021. Somados aos bolsistas que já vinham recebendo o benefício no programa Uniedu, são 921 beneficiados e R$ 13,8 milhões investidos em bolsas de pós-graduação.

 Para a próxima etapa do processo seletivo, todos os candidatos classificados para o mestrado e doutorado devem entregar a partir da próxima segunda-feira, 28, a documentação devidamente preenchida, assinada e carimbada, conforme item 5.3 da Chamada Pública 471/2021. As orientações específicas sobre a entrega dos documentos serão feitas na página do Uniedu.

 O prazo de entrega segue até o dia 5 de julho e a publicação dos outorgados e eliminados será publicada até o dia 12 de julho. O prazo para recurso vai até o dia 15 de julho e a publicação final dos outorgados e eliminados, após parecer da comissão avaliadora, está prevista para o dia 20 de julho.

 Investimento histórico

 Na semana passada, o Governo de Santa Catarina anunciou o acréscimo de R$ 140 milhões ao orçamento do Uniedu para o segundo semestre de 2021. Somados aos R$ 327,3 milhões divulgados em fevereiro, valor que já era o maior em toda a história do programa, o Estado pode investir até R$ 467,3 milhões na oferta de bolsas de ensino superior a estudantes catarinenses em todo o ano.

 Fonte: Secom/SC

Últimas notícias

Ao todo, 963 unidades escolares, de um total de 1.064, passaram por melhorias.
Alto risco ronda pacientes das Unidades Básicas de Saúde Vila Mariana e Centro/Palmital. Aviso foi divulgado em nome da secretária de Saúde, Rozi Terezinha de Souza. Mensagem tenta amenizar a gravidade da situação ao informar que locais de atendimento estão “temporariamente sem médicos”. Como se tal circunstância não fosse um absurdo inadmissível. O anúncio nem sequer diz quando novos profissionais assumirão as vagas. Apenas sustenta que Rozi “já” tomou providência. Mas, diante de tamanha ameaça, o portal Alto Vale Agora troca o “já” de Rozi por um “POR QUE” dirigido à secretária. Leia e entenda...
Esses projetos receberão os recursos em até quatro parcelas.