- A informação que gera opinião!

Vão deixar a ponte cair ou evitarão possível tragédia?

DNIT anuncia nova licitação de ponte em situação “sofrível” na BR-470, mas data para início das obras é desconhecida. Colapso golpearia economia de SC.

Por Redação

2 de agosto de 2021

às 11:04

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 “Nos próximos dias” sai o novo edital de reabilitação da ponte sobre o Rio Itajaí II, entre Ibirama e Apiúna, na BR-470, em Santa Catarina. A novidade, repassada com exclusividade ao portal Alto Vale Agora, vem da assessoria de imprensa do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), em Florianópolis.

 Porém, a data para o início dos trabalhos – na estrutura que estaria correndo risco de desabar – ainda é desconhecida. Levando em conta todos os prazos e etapas legais da nova licitação, previsões otimistas dão conta que as obras começariam apenas próximo ao segundo semestre de 2022. Isso, se tudo der certo. E se a ponte resistir até lá!

 Brincando com a sorte

 O problema, na travessia de um dos principais corredores de escoamento da produção catarinense, se arrasta há exatos cinco anos. Já em 2016, um laudo de inspeção técnica alertava que a estrutura apresentava condições de estabilidade e de conservação consideradas “sofríveis” pelo próprio DNIT, além da necessidade de recuperação imediata e alargamento.

 Naquela época, os elementos apontados que poderiam levar ao colapso da ponte eram: grande corrosão em lajes e vigas de concreto e dois blocos de estacas da fundação com desgaste pela ação da correnteza necessitando monitoramento permanente. Recentemente, uma aparente rachadura bem no meio da pista voltou a assustar motoristas e provocou protestos.

 Com 202 metros de comprimento e traçado em curva, a ponte está localizada em uma região montanhosa. Cerca de 11 mil veículos trafegavam diariamente pela estrutura, também segundo os dados de 2016.

 Se colapsar, a rota alternativa para o tráfego seria a Estrada Geral de Subida, onde outra ponte também cruza o Rio Itajaí-Açu próximo à Usina Hidrelétrica de Salto Pilão, porém, com visíveis limitações de capacidade, o que implicaria em congestionamentos e atrasos e afetaria toda a economia catarinense.

 Tentativa

 Uma licitação para a reabilitação da ponte da BR-470, entre Ibirama e Apiúna, chegou a ser realizada pelo DNIT, mas fracassou. Nenhum dos participantes aceitou executar os projetos e as obras pelo valor estipulado no orçamento, de R$ 8,3 milhões.

 A pergunta que não quer calar

 A recuperação segue sendo considerada “urgente” e a “maior prioridade”, segundo o próprio DNIT em Santa Catarina. Mas após tanta demora e imbróglio para restaurar a ponte na BR-470 fica a dúvida: a obra sai do papel ou a ponte cai no rio antes disso?

 Faça a sua aposta!

 Fonte: Da Redação

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Últimas notícias

“Há fundadas razões para que tenha ocorrido direcionamento no procedimento licitatório”, “superfaturamento” e custos quase triplicados em contrato de R$ 1,36 milhão, alerta representação encaminhada por Eder Ceola.
Dirigindo no conforto da ‘nave’ paga pelo povo, agora, Cesar Panini, talvez, poderá enxergar melhor – através dos grandes vidros do luxuoso SUV zero km - que a crise enfrentada pelos trabalhadores só cresce na pandemia.
Imagem que viraliza na internet mostra prefeito e seis vereadores em banquetaço - aglomerados, sem máscara, sorridentes e com suas barrigas salientes. Grupo custa mais de R$ 2,5 milhões aos cofres públicos durante mandato.