- A informação que gera opinião!

CCJ acata isenção de ICMS aos medicamentos que compõem o kit intubação

Antes de ser votado em plenário, o projeto ainda será analisado pela Comissão de Finanças e Tributação.

Por Redação

30 de junho de 2021

às 14:20

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) apresentou, na manhã desta terça-feira (29), parecer favorável ao Projeto de Lei (PL) 219/2021, de autoria do deputado Milton Hobus (PSD), que isenta da cobrança de ICMS as operações com os medicamentos que compõem o chamado “kit intubação”, utilizados no tratamento de pacientes com Covid-19.

 Conforme o projeto, a medida abrangerá o imposto incidente sobre a importação, o transporte e a distribuição dos produtos, bem como sobre a diferença entre a alíquota interna e a interestadual. A previsão é que a medida acompanhe a vigência do Convênio ICMS 90, emitido pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) em 31 de maio de 2021.

 A aprovação da matéria, por maioria de votos, teve por base o parecer favorável apresentado pelo relator, deputado Fabiano da Luz (PT). No documento, o parlamentar defendeu a legalidade da proposta, com base na decisão do Confaz, e também o seu alcance social, tendo em vista o aumento da disponibilidade dos medicamentos à população catarinense.

 O deputado João Amin (PP) apresentou voto pela abstenção, argumentando que, apesar de meritória, a proposta deveria ter partido do governo do Estado. “Acredito na importância do projeto, a preocupação com o ônus dos hospitais, mas isso não pode ser proposto pelo Legislativo, mas sim pelo Executivo, pois retira receitas do Estado.”

 Fonte: ALESC

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Últimas notícias

Texto do acordo está em análise na Câmara dos Deputados.
Senador Plinio Valério quer os cidadãos participando cada vez mais das decisões do Senado.
Omar Aziz é presidente e Renan Calheiros, relator da CPI da Pandemia.