- A informação que gera opinião!

Lasier quer ministros do STF escolhidos por meritocracia e com mandato de dez anos

Senador Lasier Martins (Podemos-RS) pediu que a CCJ vote sua PEC que altera a forma de escolha dos ministros do STF.

Por Redação

1 de setembro de 2021

às 14:00

Compartilhe

 Em pronunciamento, nesta terça-feira (31), o senador Lasier Martins (Podemos-RS), fez um apelo ao senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), para que paute a discussão da Proposta de Emenda Constitucional (PEC 35/2015), de sua autoria, que modifica a maneira como são escolhidos os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

 De acordo com o senador, o resultado de uma pesquisa feita pelo Paraná Pesquisa mostra que 82% dos brasileiros querem que a escolha dos ministros para uma vaga no Supremo seja feita pelo critério da meritocracia, e não mais pelo modelo atual, com indicação dos presidentes da República.  Para Lasier, essas indicações, atualmente, são feitas “por conveniência, por interesses pessoais e políticos e afinidades partidárias”.

 — A população brasileira, a quem nós devemos satisfação acima de tudo, num percentual de 82%, quer a mudança do critério, propondo que a escolha se faça por meritocracia, para que tenhamos grandes juristas, de carreiras brilhantes, seja na magistratura, seja na Procuradoria da República, no magistério jurídico, na Defensoria, na advocacia, por decisão do Conselho Federal da OAB, e que essas escolhas se completem também pelo critério de fim da vitaliciedade, isto é, mandato de dez anos — declarou.

 Fonte: Agência Senado

Últimas notícias

Foi um ‘tiro no pé’. Ao barrar os vereadores, líderes da ADAS colhem tempestade de críticas não apenas por desabonar autoridades públicas, mas também devido à suposta fome de lucros e por descaracterizar a verdadeira essência de um dos eventos mais tradicionais de Salete (SC).
Eder ‘pediu a cabeça’ de Rozi em sessão da Câmara de Vereadores de Taió (SC). Pivô da discórdia é médico credenciado que já faturou quase R$ 1,4 milhão no município. Veja!
As trocas durante a janela partidária deverão alterar a composição das bancadas na Câmara dos Deputados.