- A informação que gera opinião!

Oktoberfest de Blumenau recebe homenagem da Assembleia Legislativa

Considerada a maior festa alemã das Américas, Oktoberfest de Blumenau fez 37 anos.

Por Redação

7 de outubro de 2021

às 10:00

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 A Assembleia Legislativa de Santa Catarina promoveu na noite desta quarta-feira (6) uma sessão solene em homenagem aos 37 anos da Oktoberfest de Blumenau. O evento aconteceu no Parque Vila Germânica, em Blumenau, e foi proposta pelo deputado Ivan Naatz (PL). Além de autoridades e homenageados, a programação teve a participação da banda municipal e das soberanas Sasha Benner Bauer (rainha), Giane Prochnow (1ª princesa) e Franciele Aline Schwanke (2ª princesa).

 De acordo com Naatz, a homenagem é o reconhecimento do Poder Legislativo às personalidades que fizeram parte da importante trajetória da Oktoberfest e à contribuição e ao trabalho dedicado àquela que é considerada a maior festa alemã das Américas.

 “Nós que nascemos aqui conhecemos muito bem a festa. Pude presenciar momentos importantes e marcantes. Centenas de pessoas e autoridades auxiliaram na organização das festas. É um ato simbólico de gratidão. É importante relembrar todos que já contribuíram para a festa.”

 O deputado ainda agradeceu ao presidente da Alesc, deputado Mauro de Nadal (MDB), e aos servidores do cerimonial da Assembleia Legislativa pela dedicação e competência na organização das homenagens.

 O prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt (Podemos), parabenizou o deputado autor da homenagem. Disse que a festa é um marco para o município e para Santa Catarina. “A Oktoberfest representa a característica da população de Blumenau e fez surgir cervejarias, bandas, grupos folclóricos, entre outros.”

 Segundo ele, a programação acaba contemplando e envolvendo 60 segmentos do município e movimentando aproximadamente R$ 250 milhões. “É a cidade de Blumenau que é a propulsora da maior festa das Américas, que é a Oktoberfest”, destacou o prefeito.

 O ex-prefeito de Blumenau Dalto dos Reis, que iniciou a festa em 1984, discursou em nome de todos os homenageados. Disse que a homenagem representava um dia memorável para ele.

 Conforme Reis, para iniciar a organização da festa, foram enviados representantes para a cidade de Munique, na Alemanha, onde a Oktoberfest já vinha acontecendo há aproximadamente 200 anos.

 “A primeira edição estava programada para iniciar em 1983, mas a enchente daquele ano fez com que tivéssemos que cancelar. Iniciou sob muita desconfiança, mas acabou transformando-se num grande sucesso. Sem dúvida, o maior suporte para o sucesso da festa é o povo de Blumenau que soube abraçar e valorizar o evento”, enfatizou o ex-prefeito.

 Fonte: ALESC

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Últimas notícias

Críticos consideram mecanismo autoritário, atentado à vacinação não obrigatória e risco à disseminação do vírus, além de criar ‘cidadãos de segunda classe’. No entanto, maioria dos prefeitos ouvidos na região defende ideia, apesar de ainda não haver planos para decretar medida. Outra parte dos gestores alerta que ação fere direitos, além de ameaçar liberdades. E, ao passaporte sanitário, eles dizem: “não”.
As críticas foram expostas na sessão de quarta-feira (13) da Assembleia Legislativa.
Caroline de Toni comandará os trabalhos do colegiado.