- A informação que gera opinião!

Deputados criticam União por situação precária das rodovias

Parlamentares de vários partidos criticaram a situação das rodovias federais no estado e cobraram providências da União

23 de junho de 2021

às 10:40

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Parlamentares de vários partidos criticaram a situação das rodovias federais no estado e cobraram providências da União na sessão de terça-feira (22) da Assembleia Legislativa.

 “É um descaso o que está acontecendo com a BR-470, falo em nome de milhares de pessoas que gostariam de falar, pessoas que estão indo tapar buracos com risco de serem atropeladas. É o momento de estarmos unidos e preocupados para ajudar quem precisa, para que possamos fazer essa recuperação o quanto antes”, discursou Jerry Comper (MDB), referindo-se aos trechos entre Rio do Sul e Lontras e de Apiúna a Blumenau.

Sargento Lima (PL), Nilso Berlanda (PL), Paulinha (PDT), Ricardo Alba (PSL), Padre Pedro Baldissera (PT) e Ivan Naatz (PL) concordaram com o colega.

 “Estivemos reunidos com a Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) e Associação Comercial e Industrial de Joinville (Acij) sobre a malha viária e têm duas preocupações muito grandes, que podem se tornar impeditivo para empresas se instalarem aqui: rodovias e energia elétrica”, relatou Lima.

 “Toda ela está precária”, disparou Berlanda.

 “O prefeito de Apiúna esteve aqui com um ofício exclusivamente para pedir pelo trecho entre Pouso Redondo e Ascurra, é urgente a manutenção e conservação da rodovia. A situação é muito crítica, que o governo federal possa trazer condições mínimas, já que ali tem grande fluxo de veículos”, pontuou Paulinha.

 “A rodovia BR-470 é uma batalha do nosso Parlamento, que vem fazendo mais do que o Congresso Nacional”, alertou Alba, referindo-se ao fato de que a União cortou recursos para as obras das rodovias federais no estado, enquanto a Assembleia Legislativa autorizou o aporte de dinheiro do estado nas rodovias federais.

 “É preciso denunciar e cobrar uma posição do governo federal, não tem mais como esperar que o governo sinta alguma inspiração para realizar a obra. Não basta vir ao estado para passear de moto, não serve isso para a sociedade, tem de vir e dizer que está colocando milhões de reais para recuperar as condições das rodovias”, disparou Padre Pedro Baldissera (PT).

 “De Apiúna até Ibirama a situação do piso asfáltico é insustentável, é possível ver a cada quilômetro veículos parados trocando pneus. Já cansamos de conversar com o Dnit, agora vamos conversar diretamente com a superintendência do Dnit aqui em Brasília”, informou Naatz, que participou virtualmente da sessão, uma vez que estava na capital federal.

 Fonte: ALESC

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Últimas notícias

Texto do acordo está em análise na Câmara dos Deputados.
Senador Plinio Valério quer os cidadãos participando cada vez mais das decisões do Senado.
Omar Aziz é presidente e Renan Calheiros, relator da CPI da Pandemia.