- A informação que gera opinião!

Política Nacional de Irrigação é tema de debate da CDR

CDR tem como tema “Política Nacional de Irrigação: fixação do homem no campo e desenvolvimento regional” na segunda-feira (12).

Por Redação

9 de julho de 2021

às 11:20

Compartilhe

 A Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) realiza na segunda-feira (12), a quarta mesa do Ciclo de Debates sobre Desenvolvimento Regional. Nesta rodada, senadores e convidados debaterão o tema “Política Nacional de Irrigação: fixação do homem no campo e desenvolvimento regional”. 

 Estão confirmadas as presenças do secretário Nacional de Mobilidade e Desenvolvimento Regional e Urbano do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), Tiago Pontes; do coordenador Geral de Irrigação e Drenagem do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Frederico Cintra Belém; do diretor de Planejamento e Articulação de Políticas da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), Raimundo Gomes de Matos; da assessora Técnica da Comissão de Irrigação da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Jordana Gabriel Sara Girardello; e do prefeito do município de Pão de Açúcar (AL), Jorge Dantas.  

 O Ciclo de Debates Sobre Desenvolvimento Regional é de iniciativa do senador Fernando Collor (Pros-AL), presidente da CDR. Os temas foram sugeridos pela secretaria da comissão e aprovados pelo colegiado. As reuniões começaram em 28 de junho, quando os senadores escutaram o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. A proposta é promover às segundas-feiras, às 18h, a cada 15 dias, debates com renomados especialistas nos temas elencados.

 Fonte: Agência Senado

Últimas notícias

Foi um ‘tiro no pé’. Ao barrar os vereadores, líderes da ADAS colhem tempestade de críticas não apenas por desabonar autoridades públicas, mas também devido à suposta fome de lucros e por descaracterizar a verdadeira essência de um dos eventos mais tradicionais de Salete (SC).
Eder ‘pediu a cabeça’ de Rozi em sessão da Câmara de Vereadores de Taió (SC). Pivô da discórdia é médico credenciado que já faturou quase R$ 1,4 milhão no município. Veja!
As trocas durante a janela partidária deverão alterar a composição das bancadas na Câmara dos Deputados.