- A informação que gera opinião!

Afalesc e Sindalesc lançam oficialmente o projeto “Pegada Ambiental”

O projeto prevê o plantio das três arvores símbolos de Santa Catarina em frente ao Palácio Barriga Verde.

Por Redação

16 de setembro de 2021

às 10:00

Compartilhe

 Com a proposta de sensibilizar os deputados, servidores públicos e a comunidade em geral a Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Afalesc) e o Sindicato dos Servidores da Alesc (Sindalesc), lançaram oficialmente na tarde desta quarta-feira (15), durante reunião da Comissão Turismo e Meio Ambiente da Assembleia, o projeto ambiental denominado “Pegada Ambiental”. O projeto prevê o plantio, na próxima terça-feira (21), Dia da Árvore, das três arvores símbolos de Santa Catarina – imbuia, espinheira santa e pau-brasil – em frente ao Palácio Barriga Verde, durante o horário da sessão ordinária do Parlamento.

 Além do lançamento oficial do projeto, feito pelos presidentes da Afalesc, Valter Damasco, e do Sindalesc, Alexandre Melo, o consultor legislativo e mestre em Ciência Jurídica na área ambiental, Armando Luciano Carvalho Agostini, apresentou um projeto de lei (PL), que foi entregue ao presidente da Alesc, deputado Mauro de Nadal (MDB), que declara integrante do Patrimônio Cultural do Estado as árvores monumentais localizadas em seu território, que serão avaliadas como tais aquelas detentoras dos atributos como a beleza, antiguidade, raridade, dimensão e vinculadas com fotos históricos.

 Também foi entregue uma indicação, que será subscrita pelos deputados integrantes da Comissão de Turismo e Meio Ambiente, e que depois de aprovada em plenário será encaminhada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Sustentável, ao Instituto do Meio Ambiente (IMA) e ao Conselho Estadual do Meio Ambiente (Cosema), para instituir o programa de classificação de árvores monumentais de interesse público em Santa Catarina.

 O projeto “Pegada Ambiental” prevê ainda a realização de oficinas sobre plantas medicinais e plantas comestíveis, com degustação, no Espaço Cultural Jerônimo Coelho, no Palácio Barriga Verde, que será ministrada pelo coordenador do Projeto Farmácia Viva itinerante, Alesio dos Passos Santos. Essa oficina também será realizada em escolas adotadas pela Afalesc e Sindalesc e entidades parceiras.

 O presidente da Comissão de Turismo e de Meio Ambiente, deputado Ivan Naatz (PL), destacou a importância do lançamento projeto e lembrou que desde o início da pandemia da Covid-19, a Alesc paralisou as atividades e reinicia esse ciclo de eventos no Dia da Árvore, em parceria com a Afalesc e Sindalesc, incentivando toda comunidade catarinense com a preservação do meio ambiente.

 Fonte: ALESC

Últimas notícias

A medida valerá após o trânsito em julgado de sentença penal condenatória.
A decisão foi tomada junto com os presidentes do Senado e da Câmara dos Deputados.
O deputado Jair Miotto é o presidente da Comissão de Ecnomia.